Defesa Civil realiza atendimento as famílias que tiveram as casas atingidas pela cheia

A Defesa Civil de Manaus em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Guarda Municipal e a Secretaria Municipal de Infraestrutura voltaram nesse fim de semana ao bairro Glória, zona oeste da capital, para o atendimento das famílias que tiveram as casas atingidas pela água com a cheia do Rio Negro.

As pontes permanentes e cerca de 100 casas estavam alagadas. De acordo com o subsecretário da Defesa Civil de Manaus, capitão Aníbal Gomes, o trabalho preventivo que começou em março minimizou o impacto da cheia, agora as ações seguem de acordo com a demanda e a subida do Rio Negro. “A gente retornou aqui porque houve uma subida elevada das águas e a necessidade da construção de ponte sobre ponte, uma equipe da Seminf também esta ajudando nesse trabalho” explicou.

O maior número de casas alagadas foi identificado nos becos Vitoria e São José, os imóveis foram avaliados pelo engenheiro da Defesa Civil, e sem condições de receber a construção de mais um piso, as chamadas marombas, a Semasdh realizou o atendimento dessas famílias por meio do cadastro que possibilita a inclusão delas no aluguel social, de acordo com a diretora de ação social da Semasdh, Gecilda Albano, quem não teve a casa atingida pela água, mas, foi identificado em vulnerabilidade também foi atendido. “Dependendo do laudo da Defesa Civil, as casas que não tem condição de receber marombas, as famílias serão encaminhadas para aluguel social, as que não estão em situação de alagamento, mas, foram identificadas em vulnerabilidade vão receber cesta básica.

A ação segue nessa segunda feira com apoio também da Secretaria Municipal de Limpeza Publica, Semulsp, e da Secretaria Estadual de Infraestrutura, Seinfra, para o bairro São Jorge onde também serão construídas pontes sobre pontes e o cadastro das famílias que tiveram as casas alagadas. A ação vai começar as 8 horas da manhã no beco Itaporanga.

(Semcom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.