De saída do Fla, Hernane assinará contrato com clube chinês nesta terça

Rio de Janeiro – Atacante não irá enfrentar o Emelec (EQU), nesta quarta-feira, pela Libertadores.

Hernane está a um passo de dar adeus ao Flamengo. O Brocador recebeu uma proposta do Shangai Shenhua, da China, de aproximadamente 6 milhões de euros (R$ 19 milhões) e não irá jogar nesta quarta-feira contra o Emelec, pela Libertadores. A negociação será concretizada até o fim da tarde desta terça-feira, de acordo com a apuração do LANCE!Net.

O valor da negociação é um pouco superior à proposta do Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, que acabou não se concretizando no início da temporada. A oferta, por sua vez, é inferior ao valor da multa prevista no contrato do Brocador.

Para tirar o atacante do Fla antes de 28 de fevereiro de 2016, o interessado teria que desembolsar oito milhões de euros (R$ 26 milhões).

Os direitos econômicos de Hernane estão divididos em três partes. O Flamengo detém 50%, enquanto o empresário do atleta, Paulo Pitombeira, é dono de 35%. Os 15% restantes pertencem à Energy Sports.

Na última sexta-feira, o Brocador já não havia participado do treinamento, no Ninho do Urubu, por causa de uma amigdalite. Enfermidade esta, inclusive, que o tirou do duelo com o Resende, no sábado, em Volta Redonda (RJ).

Em 79 jogos pelo Flamengo, desde 2012, Hernane marcou 43 gols e foi o artilheiro da temporada no ano passado, com 36 tentos. Neste início de Estadual, o Brocador entrou em campo em seis oportunidades, com quatro gols marcados

REAJUSTE SALARIAL

Após a negociação com Al Jazira não ter acontecido, Hernane acabou tendo um reajuste salarial, que estava programado para ocorrer em março, no início de fevereiro. Com isso, o Brocador teve os seus vencimentos mensais reajustados em 20%.

Foto: Ricardo Ramos/ LANCE!Press

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.