Cunhada do deputado Adjuto Afonso, filha dela e irmão mais velho, assassinados em Manaus

Amazonianarede – Com informações do Portal Emtempo

Foto: facebook Gracilene Belota 

Manaus – A cidade recebeu, na manhã de hoje, mais uma notícia da ocorrência de um crime brutal e aparentemente sem explicação.

Maria Gracilene Belota(59), a filha Gabriela Belota e o irmão da primeira, Roberval Roberto de Brito(60), foram assassinados de forma brutal em seus apartamentos.

As duas primeiras vítimas estavam em casa, no Conjunto Parque Solimões, bairro da Raiz, no apartamento 304, Bloco 13 B, quando foram encontradas mortas, com ferimentos na cabeça. Ainda de acordo com as informações não confirmadas, a mãe foi jogada no corredor e a filha na cama, enrolada num lençol.

Roberval foi morto também em casa, durante a madrugada e foi encontrado com ferimentos na cabeça.

Gracilene era coordenadora de Relações Internacionais, da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). A filha era acadêmica do curso de Odontologia, da Universidade do estado do Amazonas (UEA).

Existe a suspeita de que o autor ou autores do triplo homicídio tenha fugido no carro da família. A polícia vai requisitar as imagens do circuito interno de TV do Condomínio.

Gracilene Belota era cunhada do deputado estadual, Adjuto Afonso(PP).

A reportagem do Amazonianarede entrou em contato, agora pela manhã, com o gabinete do deputado e foi informada pela assessoria de comunicação que Adjuto Afonso está muito abalado com os fatos e que, por enquanto, não vai se pronunciar. Provalvelmente, ainda na tarde de hoje, o deputado passe alguma informação à imprensa.

Os corpos serão velados a partir das 20h de hoje na funerária Almir Neves, localizada na rua Monsenhor Coutinho, no Centro de Manaus.

Em nota Suframa condena violência e lamenta morte da servidora. Veja a íntegra:

 

NOTA OFICIAL
CGCOM

A violência de nossos dias atingiu de forma brutal e, até agora, inexplicável a SUFRAMA. Fomos surpreendidos, na manhã desta terça-feira (22), com a notícia do assassinato de nossa coordenadora-geral de Comércio Exterior, Maria Gracilene Roberto Belota.

 

Em nome da Superintendência da Zona Franca de Manaus, e de cada um dos aqui trabalham, manifesto perplexidade e pesar em face da ação que ceifou a vida de três pessoas de uma mesma família. Ação absurda que, uma vez mais, marca a banalização da vida humana.

 

O modelo Zona Franca deve à dedicação e ao profissionalismo de Gracilene Belota a superação de muitos obstáculos levantados em organismos internacionais que disciplinam o Comércio Exterior quanto às peculiaridades de nossa economia. A SUFRAMA é testemunha da dedicação profissional e comprometimento de sua coordenadora de Comércio Exterior.

 

Não lamentamos apenas a perda de uma profissional dedicada, mas, principalmente, a perda de vidas de forma tão violenta. Confiamos nas autoridades competentes para o completo esclarecimento do caso e devida punição aos responsáveis.

 

Vemos a violência do nosso lado, na televisão, mas só percebemos quão absurdo é isso quando nos atinge diretamente desta forma.

 

À família e aos amigos, a solidariedade da família SUFRAMA e nossas sinceras condolências.

 

Estamos de luto, de forma oficial e em nossos corações.

 

Thomaz Afonso Queiroz Nogueira, Superintendente da SUFRAMA 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.