Cinco pessoas presas por tráfico de drogas no Rio Piorini

(Foto: Ascom)

A Polícia Civil do Amazonas prendeu na manhã desta sexta-feira (29) cinco pessoas durante a operação “Boas Festas”, deflagrada no bairro Rio Piorini, Zona Norte da capital.

A ação foi coordenada pelos Delegados João Neto, Titular da 2ª Seccional Norte, e Ivo Martins, Titular do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Participaram da ação 40 Policiais Civis, lotados nas delegacias daquela área. Eles contaram com o apoio dos integrantes da Força Especial de Resgate e Assalto (FERA) e Canil da Polícia Militar para cumprir dez mandados de busca e apreensão e cinco de prisão, expedidos no último dia 21 de novembro pelo juiz Henrique Veiga Lima, da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute).

Na rua Cajual os servidores prenderam o casal Raimundo Cerdeira Figueira, 53, conhecido como “Cabeludo” e Michelle Maia Ramos, 33, a “Morena”. Com eles foram encontradas cinco trouxinhas de substância entorpecente com aspecto de cocaína em pó, R$ 1.497 em espécie, joias e material para embalo da droga.

Diomerson Rodrigues Salvaterra, 34, o “Kinho”, foi preso na residência dele, na rua Sobral. Roniclei Macedo de Lima, 28, conhecido como “Negão”, foi preso na rua Treze de Maio. Já Natali Stephane de Luna, 32, a “Sol”, foi presa na rua Chapecó.

“Intensificamos as investigações naquela área após recebermos denúncias, informando a comercialização de drogas nessas “bocas de fumo”. Um dos alvos desta operação não foi encontrado. Iremos continuar as investigações para prender o foragido e inibir o chamado tráfico doméstico no local”, destacou o Delegado Ivo Martins.

A autoridade policial ressalta ainda que os cinco foram conduzidos à sede da 2ª Seccional Norte, onde foram realizados os procedimentos cabíveis. Ao término dos trâmites legais, eles serão levados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irão aguardar julgamento.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.