Camarote acessibilidade aprovado pelo povo

(Reportagem: Carla Albuquerque/Fotos: Elton Viana)

A Prefeitura de Manaus aperfeiçoou o camarote de acessibilidade, destinado aos idosos e pessoas com alguma deficiência, que participaram do Boi Manaus.

Este ano, o espaço conta com uma estrutura mais ampla, com rampas, cadeiras para os acompanhantes e assistentes para ajudar na locomoção. O espaço foi aprovado pelos frequentadores.

A chefe de cozinha Maria Aparecida Nogueira, 55, trouxe a filha Gisele Talita, 34, portadora de Síndrome de Down, que é torcedora fanática do Boi Bumbá Garantido. De acordo com ela, o camarote da acessibilidade proporciona mais conforto aos brincantes, que apesar das limitações não deixam de prestigiar o Boi Manaus. “A prefeitura está de parabéns. Isso que está sendo feito aqui é uma modelo de inclusão social”, comentou.

Quem também aprovou o novo espaço foi o cadeirante Lafayete Pereira, 35. Ele disse que prestigia todos os anos o Boi Manaus, mas este ano pôde curtir muito mais as apresentações. Para ele, o espaço da acessibilidade fez com que tivesse mais segurança em acompanhar os trios. “Antes eu tinha medo de estar em meio ao público e me machucar. Agora não, posso brincar sem medo”, comentou ele, que veio acompanhado da mulher Joysielen Lima, 19.

A aposentada Lucia Maria Silva, 59, aproveitou o espaço para mostrar os novos passos de boi que aprendeu no Boi Manaus deste ano. “Eu adoro dançar boi e com esse espaço dá para aproveitar bastante a festa”, destacou.

O assistente de camarote Narleson Bentes, 25, disse que ele e mais duas pessoas foram disponibilizadas para cuidar dos frequentadores do espaço. Ele destacou que os cuidadores vão à pista buscar as pessoas que necessitam do espaço diferenciado. “Nós estamos aqui para atendê-los da melhor maneira possível”, afirmou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.