Bando que roubou escola na Zona Norte já está na cadeia

A Polícia Civil do Amazonas, por meio de servidores lotados no 13° Distrito Integrado de Polícia (DIP), registrou na manhã desta sexta-feira (16), por volta das 11h, as prisões de quatro homens envolvidos em furto a uma instituição de ensino localizada no bairro Aliança com Deus, Zona Norte de Manaus.

Sidney da Silva Pereira, 19, Hércules da Silva Pereira, 21, Jonathan Rafael Lima da Silva, 18, e Henrique Silva da Silva,18, foram presos por policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) após denúncia anônima informando a localização de dois irmãos, suspeitos de envolvimento em furto ocorrido na madrugada dessa quinta-feira (15) a um centro municipal de educação naquele bairro.

Os irmãos Hércules e Sidney foram capturados na residência deles, localizada na rua Jafé do bairro Aliança com Deus. No local, alguns objetos furtados do centro de ensino foram apreendidos. O restante do material foi encontrado em um matagal nas proximidades da casa deles.

Foram recuperadas duas impressoras, um computador, uma caixa de som amplificada, um jogo de microfone sem fio, dois aparelhos de som e duas caixas contendo livros de pesquisas, que foram entregues à direção do centro educacional.

De acordo com o Delegado Titular do 13º DIP, Walter Cabral, após localizarem os irmãos, a polícia conseguiu chegar até os outros dois envolvidos. “Os dois comparsas dos irmãos foram localizados na rua Pôr-do-sol (antiga Canário), próxima a escola onde aconteceu o delito”, declarou Cabral.

Durante oitiva, os quatro homens confessaram a autoria do delito e relevaram que entraram no local na madrugada de ontem, por volta de 1h, e utilizaram um alicate de pressão para arrombar os cadeados.

No 13º DIP, Sidney, Hércules, Jonathan e Henrique foram autuados por furto qualificado (Artigo 155 do Código Penal) e formação de quadrilha (Art. 288 do CP). Após os procedimentos realizados no DIP, eles foram encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

(Fonte: Ascom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.