Arthur destaca importância da guarda responsável durante entrega de unidades móveis do CCZ

Artur destaca a importância da guarda responsável
Artur destaca a importância da guarda responsável
Artur destaca a importância da guarda responsável dos animais

Manaus – O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, entregou, nesta terça-feira, 14, duas unidades móveis do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que irão percorrer a cidade realizando a castração de cães e gatos. A inauguração foi realizada na sede do Distrito de Saúde Leste (Disa Leste), que fica no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste da capital.

Cada veículo terá a capacidade de realizar até 15 procedimentos diários, ampliando em 50% o número de castrações realizadas pelo CCZ, localizado no bairro Compensa, zona Oeste. A ideia é descentralizar os serviços oferecidos pelo município, ao mesmo tempo em que também se conscientiza a sociedade sobre a guarda responsável dos animais domésticos.

“Não faz parte da minha política de governo sacrificar animais e o que nós queremos, de verdade, é trabalhar a castração e o controle da população de cães e gatos, que não deviam ficar soltos na rua, mas que merecem um tratamento mais digno. Por isso, também vamos reformar a sede do Centro de Zoonoses e com isso responder ao apelo de uma parcela da sociedade manauara”, destacou o prefeito Arthur Neto.

Para o secretário municipal de Saúde (Semsa), Homero de Miranda Leão, que absorve as atividades executadas pelo CCZ, mais que ações do poder público ou da iniciativa de Organizações Não-Governamentais, é preciso que cada cidadão assuma a responsabilidade sobre a guarda de seu animal doméstico.

“A partir desse trabalho poderemos ter o controle da população de cães e gatos na cidade de Manaus, porque castrando os animais se evita a procriação irresponsável. Estamos no caminho certo para a conscientização, que também colabora com a questão da saúde pública, uma vez que na rua esses animais podem adquirir raiva, além de prejudicarem a coleta de lixo, rasgando sacos e espalhando sujeira. A conta é simples, educação e saúde, a soma disso mudará o cenário que temos hoje”, defendeu Homero.

No ano passado, a prefeitura realizou 4.649 castrações, o que representa 894 procedimentos a mais do que em 2013. As castrações são realizadas por médicos veterinários, inscritos no Conselho Regional de Medicina Veterinária, utilizando técnica que proporciona aos animais uma recuperação mais rápida e com menor risco.

Segundo o diretor do CCZ, Adailton Pereira, as unidades móveis estão equipadas com instrumentos cirúrgicos, máquina de tosa, balança, computador e impressora. Ele ressalta que, além da castração, também será oferecida a implantação de microchips de identificação dos animais, bem como um posto fixo de vacinação antirrábica.

Agendamento

Para o agendamento do serviço na unidade móvel do CCZ, o proprietário do animal deverá apresentar documentos pessoais, como RG e CPF, comprovante de residência, comprovante de vacina antirrábica e apresentar os dados básicos do animal (nascimento, raça, cor da pelagem e tipo de pelo). O animal precisa ter idade acima de três meses e ter boas condições de saúde física. Os mesmos procedimentos são adotados na sede do CCZ. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3625-2655.

Uma das unidades móveis ficará instalada na própria sede do Disa Leste e a segunda realizará atendimentos na zona Norte, mais especificamente no Complexo Educacional Maria Antonieta Verçosa de Raposo, na rua 16, Riacho Doce III, bairro Cidade Nova. Os veículos permanecerão nesses locais por um período de seis meses antes de assistirem a outros pontos da cidade.

Os mandamentos da guarda responsável de cães e gatos

  1. Antes de adquirir um animal, considere que seu tempo médio de vida é de 12 anos. Pergunte à família se todos estão de acordo, se há recursos necessários para mantê-lo e verifique quem cuidará dele nas férias ou em feriados prolongados. Grande parte dos abandonos de animais de companhia acontece em período de férias.
  2. Adote animais de abrigos públicos e privados (vacinados e castrados), em vez de comprar por impulso. A compra por impulso é um dos maiores causadores de abandono.
  3. Informe-se sobre as características e necessidades da espécie escolhida: tamanho, peculiaridades, espaço físico. A falta de conhecimento sobre as características de cada raça pode resultar em maus tratos e abandono.
  4. Mantenha o seu animal sempre dentro de casa, jamais solto na rua. Para os cães, passeios são fundamentais, mas apenas com coleira/guia e conduzido por quem possa contê-lo. Lei Municipal 1.590/2011 – art. 14.
  5. Cuide da saúde física do animal. Forneça abrigo, alimento, vacinas e leve-o regularmente ao veterinário. Dê banho, escove-o e exercite-o regularmente. O CCZ realiza anualmente a Campanha de Vacinação Antirrábica e disponibiliza a vacina gratuitamente durante o ano.
  6. Zele pela saúde psicológica do animal. Dê atenção, carinho e ambiente adequado a ele. Cães isolados, presos e mal tratados tendem a se tornar bravos e, consequentemente, agressores. Cães e gatos bem tratados e educados tendem a permanecer mais tempo no convívio familiar.
  7. Recolha e jogue os dejetos na lixeira pública. (Lei Municipal 1.590/2011 – artigo 15). Parasitas de importância em saúde pública podem ser transmitidos pelas fezes de cães e gatos.
  8. O CCZ registra e identifica todos os cães e gatos castrados através do implante de microchip.
  9. Evite as crias indesejadas de cães e gatos. Castre os machos e fêmeas. A castração é a única medida definitiva no controle da procriação e não tem contraindicações.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.