Arma e munições são apreendidas em casa no município de Itacoatiara (AM)

Na manhã de domingo (30), Policiais Civis com o apoio de Policiais Militares lotados no município de Itacoatiara, distante 176 quilômetros em linha reta da capital, coordenados pelo Delegado Titular, Lázaro Santiago, apreenderam armas e munições em uma residência no bairro Eduardo Braga, em desdobramento às investigações em torno da operação “Colmeia”, deflagrada na manhã da última quinta-feira (27).

Na ocasião, quatro pessoas foram presas por envolvimento com o tráfico de drogas no lugar. As investigações começaram há três meses, após o atentado à casa de policiais naquele município. De acordo com os investigadores da Polícia Civil, o atentado tinha por objetivo intimidar as corporações, que vinham fazendo prisões relacionadas ao tráfico de entorpecentes no local.

Dentro do imóvel foram apreendidas três balaclavas, uma pistola PT.380, dois coldres, quatro carregadores de munição, sendo três para pistola PT.380 e uma para pistola PT.40, um cabo de coronha de madeira e seis estojos plásticos para munição calibre 38. Ainda no local foram encontrados 80 cartuchos para espingarda, sendo 30 de calibre 16 e 50 para calibre 22, além de mais quatro cartuchos para pistola calibre 40 e 129 munições para pistola calibre 38.

De acordo com as investigações, a quadrilha planejava um ataque contra a polícia e por isso mantinha esse arsenal. Um homem que teve o nome preservado para não atrapalhar as investigações foi abordado em um posto de combustível da cidade e levou os policiais até o local.

O homem foi indiciado por posse ilegal de armas (Artigo 14 da Lei do Desarmamento) e responderá pelo crime em liberdade. O delegado do município ressaltou que as investigações em torno do caso vão prosseguir para garantir que todos os envolvidos sejam capturados.

Fonte: Ascom

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.