Ameaça de bomba provoca tumulto em duas unidades da UEA

Ameaça falsa gera tumulto em duas unidades da UEA
Ameaça falsa gera tumulto em duas unidades da UEA
Ameaça falsa de bomba,  gera tumulto em duas unidades da UEA

Manaus – O Esquadrão Anti-Bomba da Polícia Militar está, desde as primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 15, vasculhando duas unidades da UEA (Universidade do Estado do Amazonas), depois de servidores receberem telefonemas anônimos anunciando a existência de bombas nos locais. Alunos e funcionários da Escola Superior de Ciências da Saúde, no bairro cachoeirinha, zona sul, e da Escola Normal Superior, na chapada, zona centro-sul, foram orientados a deixar as unidades.

De acordo com informações da assessorai de comunicação da UEA, até as 10h, os policiais que faziam a varredura nos prédios não haviam encontrado qualquer vestígio de bomba. A previsão do Esquadrão Anti-Bomba é de que no prédio da Saúde, na Cachoeirinha, os trabalhos sejam concluídos até às 14h. A PM não deu previsão para o segundo prédio.

A assessoria da UEA informou que os telefonemas foram dados para as secretarias das duas unidades. O primeiro, por volta de 8h10, foi para a secretaria da Escola Normal Superior, que fica na esquina das avenidas Darcy Vargas e Djalma Batista. Por volta de 8h30, outro telefonema foi atendido pela secretaria da Escola de Superior de Ciências da Saúde.

De acordo com a assessoria Amanda Mota, na unidade de Ciências da Saúde funciona um restaurante que serve, em média, mil refeições diárias. A comida já estava pronta e a UEA decidiu doá-la para uma instituição de caridade.

Desrespeito

O reitor da UEA, Cleinaldo Costa, se manifestou através da conta pessoal dele no Facebook. Ele considerou a ameaça de bomba um desrespeito à instituição. “Ameaça anônima de ‘bomba’ em duas Unidades da UEA é desrespeito, incivilidade e atraso de alguém que se incomoda com uma Universidade que quer apenas fazer o seu papel constitucional: formar cidadãos com qualidade e estar a serviço de nossa comunidade. A UEA é maior que qualquer atitude malévola ou irrefletida. A UEA somos todos nós!”, escreveu o reitor.

Cleinaldo Costa disse, ainda, que está em visita a todas as unidades da UEA e que as aulas serão retomadas assim que os prédios forem liberados. “Não nos causarão prejuízo acadêmico. As investigações já se iniciaram”, disse o reitor.

Amazonianarede-UEA

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.