18º DIP apreende cerca de 2,5Kg de pasta base de cocaína vindas do Rio Branco

Cocaína no corpo

Amazonianarede – Assessoria

Manaus – A equipe do delegado Ivo Henrique Martins do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) apresentou na manhã de hoje (24), às 10h30, dois acusados de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Cláudia Maria Silva dos Santos, 38, e Rafaiel Costa da Silva, 21, foram presos por volta das 4h30, no estacionamento do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, Zona Oeste da capital.

A interceptação ocorreu após o recebimento de denúncias anônimas feitas ao 18º DIP informando que, na madrugada de hoje, uma mulher estaria desembarcando na cidade, vinda de Rio Branco (Acre), portando um expressivo carregamento de droga.

A fim de apurar a veracidade das informações, Policiais Civis foram até o local, aguardaram a chegada do voo e ao observarem que na sala de desembarque havia uma mulher com as características físicas relatadas na denúncia, acompanharam-na sigilosamente até o pátio do estacionamento, local onde Rafaiel Silva a esperava para receber a droga. No momento da abordagem, Cláudia apresentou documento de identidade falso, com nome de Mônica de Oliveira, fato descoberto posteriormente, na delegacia.

Com aproximadamente 2,5Kg de pasta base de cocaína foram encontradas fixadas com fita adesiva nas regiões do abdômen e seio. A polícia já iniciou o processo de investigação para apurar o verdadeiro proprietário do entorpecente e a quem estava destinada. De acordo com os registros policiais, a mulher já responde pelo crime de tráfico de drogas e estava foragida do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), há oito meses.

Os suspeitos foram conduzidos à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa e a droga encaminhada ao Instituto de Criminalística. Cláudia e Rafaiel foram autuados por Tráfico de Drogas e Associação para o Tráfico. Além disso, Cláudia ainda foi autuada por Falsa Identidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.