Zona leste passa a ter acesso a alimentos com preços mais baixos no novo Feirão da Sepror

Manaus – Os moradores da zona leste passam a contar com o Feirão da Sepror todos os sábados, com a oferta de produtos como hortifrutigranjeiros e pescado a preços mais baixos. O novo espaço foi inaugurado no último sábado, dia 27, no campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam), na antiga Escola Agrotécnica, na alameda Cosme Ferreira, 8.045, São José, e contou com a participação de mais de 130 famílias de produtores de sete municípios e comunidades rurais de Manaus.

O objetivo do Governo do Amazonas é, através da Secretaria de Estado da Produção Rural (Seprar), oferecer no novo Feirão da Sepror, mais um espaço que viabiliza o escoamento da produção do Estado e a compra de alimentos a preços baixos. Com o novo espaço, o Governo também comemora, no próximo dia 1° de maio, os quatro anos de existência do Feirão da Sepror, que já funciona no Parque de Exposições Agropecuárias (Expoagro), na zona norte.

De acordo com o titular da Sepror, Eron Bezerra, a iniciativa faz parte da política de expansão do Feirão, após o indicativo positivo dos quatro anos desse projeto, e segue determinação do governador Omar Aziz de ampliar as oportunidades de emprego e renda no interior do Estado. “Lançamos essa iniciativa há quatro anos no Parque da Expoagro e desde lá mais de 350 famílias de produtores da zona rural de Manaus e vários municípios comercializaram R$ 24 milhões. Por isso, comemoramos buscando a sua expansão para todas as zonas da cidade beneficiando o produtor, que comercializa sem atravessadores, e o consumidor, que passa a comprar produtos de qualidade a preços baixos”, destacou.

As centenas de pessoas que passaram pelo campus do Ifam comprovaram na prática a afirmação do secretário. Hortaliças, frutas, legumes, peixes, carnes, mel e muitos outros produtos estavam sendo vendidos com preços mais baixos que nos tradicionais mercados e feiras da cidade. Tomate a R$ 2 (a sacola), banana também a R$ 2 e farinha a R$ 7 o quilo estavam entre as ofertas.

No espaço reservado aos produtores de Careiro da Várzea, a família Barroncas comemorou o sucesso das vendas. “Ainda não estamos na metade do dia, mas já vendemos quase tudo que trouxemos. Espero poder continuar aqui porque é a primeira vez que vendemos direto para a clientela e isso representa um ganho a mais para nós. Antes vendíamos a valores muito baixos para os atravessadores”, comemorou Rosali.

Feirão beneficia novos produtores – Com a inauguração da unidade da zona leste, o projeto passa a beneficiar mais 130 famílias de produtores de sete municípios e comunidades rurais de Manaus, além das 350 que já atuam na unidade do Parque da Expoagro. Agricultores e pecuaristas de Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Presidente Figueiredo, Iranduba, Rio Preto da Eva, Autazes, Manacapuru e das comunidades Uberê, Ipiranga e Puraquequara, da zona rural de Manaus, participaram do lançamento na zona leste.

Zona oeste será a próxima beneficiada – Durante a solenidade, que reuniu secretários municipais de produção e vereadores de todos os municípios cujos produtores participam do Feirão da Sepror e representantes de entidades de classe do setor primário, o secretário Eron Bezerra anunciou o próximo espaço de venda para a zona oeste, no dia 25 de julho. “Estamos trabalhando para que o antigo Porto das Balsas, no bairro São Raimundo, sedie o Feirão na zona oeste”, adiantou o secretário.

Texto e foto: Sandra Monteiro

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.