Violência contra o idoso cresce 430% em Manaus

O número de denúncias de violência contra idosos, em Manaus, aumentou 430%, em 2012, quando foram formalizados 2.324 registros na Delegacia Especializada em Crime Contra Idoso (DECCI/AM), comparados aos 438 de 2011.

Os dados foram divulgados, na manhã desta quarta-feira, 12, durante ação de panfletagem, na Bola do Eldorado e na Avenida Djalma Batista, que deu iniciou à campanha ‘Use o AMOR, Não à Violência’, da Prefeitura de Manaus e demais órgãos municipais e estaduais de apoio aos idosos, em comemoração à Semana de Combate a Violência Contra o Idoso.

De janeiro a abril de 2013, foram formalizadas 684 queixas na DECCI/AM, o que significa que, em cada dia dos quatro primeiros meses deste ano, cinco idosos sofreram algum tipo de violência em Manaus. Discriminação ou injúria lidera o ranking de denúncias à delegacia do idoso, representando 20,6% dos registros. Foram 542 casos em 2012 e 141 até abril deste ano. Em seguida, aparece a ameaça com 345 queixas no ano passado e 118 neste ano. Maus tratos, perturbação, abandono, negligência, estupro, dentre outros, também estão entre os casos de violência aos idosos registrados pela DECCI/AM.

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, que também esteve na panfletagem, falou da importância das ações da campanha ‘Use o AMOR, Não a Violência’ e da participação da sociedade no combate à violência contra o idoso.

“Esse é um trabalho de prevenção e conscientização muito grande. Há a necessidade do respeito, porque quem desrespeita hoje, vai ser desrespeitado amanhã. Se não se criar uma mentalidade nova na sociedade, essa situação de violência e desrespeito não vai mudar. A minoria que não respeita precisa compreender que não é uma coisa bacana, não é uma coisa legal. Nosso objetivo é sensibilizar o maior número de pessoas, reduzir esses índices de violência e criar uma nova mentalidade na população”.

A diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho Cruz, ressaltou que as ações em comemoração ao Dia Mundial de Combate a Violência Contra Idoso continuam na quinta-feira, 13, com o ‘Fórum de discussões sobre as violências sofridas pelos idosos’, das 13h30 às 16h30, no auditório do Parque Municipal do Idoso, na sexta-feira, 14, nas escolas municipais com atividades educativas e no sábado, 15, com a caminhada organizada pelo Fórum Permanente do Idoso, com o apoio da Prefeitura de Manaus e demais órgãos municipais e estaduais responsáveis pela política do idoso, que acontece às na Avenida Autaz Mirim, no Jorge Teixeira, próximo a entrada da Feira do Mutirão. “Queremos sensibilizar toda a sociedade, por isso nos unimos na campanha ‘Use o AMOR, Não à Violência’, que encerra no dia 15 de junho, data em quem se comemora o Dia Mundial de Violência Contra o Idoso. Infelizmente, o número dessa violência que é muito alarmante pode ser ainda maior que os registrados, porque sabemos que há casos não tem mais condições de denunciar, ou não denuncia por medo”.

Programação da campanha ‘Use o AMOR, Não à Violência’:

• Dia 13 (quinta-feira): ‘Fórum de discussões sobre as violências sofridas pelos idosos’, das 13h30 às 16h30, no auditório do PMI (Rua Rio Mar, Nossa Senhora das Graças);
• Dia 14 (sexta-feira): Ação de educação e sensibilização em três escolas municipais com ‘Doutores da Alegria’, às 9h;
• Dia 15 (sábado): Caminhada ‘Use o AMOR, Não à Violência’, que saíra, às 7h30, da Esplanada, na Autaz Mirim, Jorge Teixeira, próxima a Feira do Mutirão, e irá até a Bola do Produtor.

Foto: ALTEMAR ALCÂNTARA E ARLESON SICSU/SEMCOM

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.