Vinte policiais treinados, passam a integrar a cavalaria da PM em rotinas da cidade

(Foto: Divulgação)

Mais 20 policiais militares do Amazonas estão prontos para operações de policiamento montados em cavalos.

O grupo concluiu nesta sexta-feira (13 de setembro) curso promovido pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) com vistas à preparação para a Copa do Mundo e reforço às ações do programa Ronda no Bairro.

Os alunos foram habilitados para atuação montada, primeiros socorros, equitação, direitos humanos e técnicas de contenção e transporte, além de cuidar da saúde do animal com noções em hipologia (higiene e profilaxia).

O curso foi realizado pelo Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública (Iesp) e teve a duração de dois meses e carga de 160 horas de aulas, em período integral, realizado no Comando de Policiamento Especializado (CPE), que coordena a unidade de policiamento montado da Polícia Militar.

Segundo o secretário de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital, os cursos são abertos a todos os agentes das forças policiais do Amazonas e de outros estados, como forma de integração das estratégias de segurança. “Nesse de policiamento montado, por exemplo, tínhamos um policial da PM de Roraima aprendendo as nossas técnicas”, disse.

Vital disse que a SSP desenvolve um cronograma de capacitação e atualização profissional dos policiais, com mais de dois mil servidores do sistema participando de cursos como análise criminal, mediação de conflitos, segurança de dignitários, adestrador de cães, línguas estrangeiras (inglês e espanhol) e libras, entre outros.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Almir David, explicou que o policiamento montado é um dos mais tradicionais nas instituições em todo o país, e ajuda na proximidade com a população. “Além da altura do cavalo, que ajuda o policial ver determinadas áreas, as pessoas se aproximam mais e tem curiosidade de conhecer esse tipo de ação”, disse.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.