Verdade ou falácia de Lula!

Jornalista Osny Araújo
Jornalista Osny Araújo
Jornalista Osny Araújo

Osny Araújo

Como se tivesse feito uma grande descoberta, como a da pólvora, por exemplo, num encontro realizado no Instituto Lulas, em São Paulo, o ex-presidente da República e fundador do Partido dos Trabalhadores, encheu o peito e bradou: “O PT ficou velho e o Partido precisa de uma revolução interna”.

Ora, só agora, o carismático Luiz Inácio Lulas da Silva, descobriu e anunciou todo mundo sabe, e não é nenhuma novidade para os brasileiros que não são militantes fanáticos do PT, que continuam iludidos que o Partido ainda é aquele fundado no interior de São Paulo, que tinha um discurso forte a ações reias de nacionalidade.

Esse Partido está na UTI e PT dos dias atais, não tem nem sombra daquele Partido que sonhava com um país melhor, mais igualitário e solitário. Tudo ficou apenas na lembrança, porque comportamento e ações do Partido que caminha para 16 anos no Poder é o inverso que do prega no passado.

O fundador do Partido que exerce a sua presidência de honra, abriu a boca e disse que o Partido envelheceu e precisa de uma revolução interna par renascer. Num ponto ele está certo. É verdade que o Partido envelheceu o que é uma coisa lógica, uma vez que o PT continua atuando, mas esse não é o ponto principal da decadência do Partido que s observa a cada eleição, mesmo contando ainda uma considerável e fanática militância.

Exercendo o seu poder de falácia ou não, Lula, disse que o Partido esqueceu a sua história, a sua utopia e hoje só pensa em cargos e empregos, esquecendo os compromissos, que num passado não muito distante pregava para o Brasil e os brasileiros e o falastrão entende que chegou a hora de um novo projeto utópico.

No evento, Lula não mencionou o nome da sua afilhada política Dilma Roussef, mas na semna passada, quando iniciou suas criticas ao Partido e ao Governo, buscando se afatar da crise partidparia, Lula chegou a comparar o Governono cm crise de água em São Paulo, afirmando que o Governo trabalha no volume morto.

Lula não está totalmente errado, o PT do passado, não é o mesmo dos dias atuais, a sua história foi rasgada e está difícil reconstruí-la pela falta de lideranças sérios, de governantes e parlamentares compromissados com o país, que lutem contra corrupção, comandada na sua maioria por agentes dos governos e parlamentares e pensem no que pregava o velho PT.

O discurso de Lula ganhou a mídia e as redes sociais. Para observadores e analistas políticos, o Lula não está tão errado quando faz severas criticas ao seu Partido, só não acreditam na sinceridade do ex-presidente e colocam tudo na condição de mais uma falácia, com o objetivo de se afastar da grave crise que passa o PT, para mostrar que não concorda com a posição assumida pelo Governo e o Partido. Em outras palavras ele quis dizer simlesment4e. “Eu não tenho nada com isso” e tenta dessa maneira ficar de fora desse capítulo triste na história do Partido dos Trabalhadores.

Vários dissidentes do Partido, alguns que ajudaram a fundar o Partido, estranharam a manifestação do ex-presidente e disseram que não dá para Lula ficar fora dessa parte negra da história do PT, que ele como, a principal liderança do partido, ajudou a escrever, até porque tudo foi iniciado no Governo, especialmente no segundo mandato. Não para ele ficar de fora desse barco, afirmam.

Outros falam das falácias do Partido na campanha política, quando pregou uma plataforma de governo mentirosa e com isso ganhou a eleição, com falsas promessas, um verdadeiro estelionato eleitoral, como por exemplo, a Pátria Educadora, que agora corta bilhões de recursos da Educação, a saúde e que está em frangalhos, a inflação assustando todo mundo, a economia moribunda, o crescimento do país sumiu e esse discurso foi feito durante a campanha eleitoral e tudo mudou com num passe de mágica.

Por essas e outras coisas, O Partido dos Trabalhadores, para construir outra utopia e tentar reescr3ver a sua história, sem nenhuma dúvida será uma árdua e difícil tarefa.

*Osny Araújo é jornalista e analista político

E-mail: [email protected]@gmail.com

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.