Torcida organizada ameaça diretoria bicolor

Amazonianarede – DOL

Belém – O Paysandu Sport Club por intermédio do seu departamento jurídico recorreu ao Ministério Público do Estado (MPE) para denunciar ameaças sofridas por membros do Grêmio Recreativo Social Tradição Uniformizada Torcida Bicolor.

Integrantes da entidade estariam ameaçando o presidente do clube e vereador de Belém, Vandick Lima.
A torcida organizada teria usado de ameaças para pressionar o clube a liberar uma recarga de mil ingressos para o último clássico contra o Clube do Remo realizado no último domingo (24), antes destinada às arquibancadas.

O Ministério Público do Estado antes solicitou que a torcida organizada cumprisse algumasdeterminações de praxe para ter o direito de solicitar o benefício, tal como um estatuto social e cadastro dos membros dentro da agremiação. Determinação que não foi totalmente efetivada em tempo hábil e teria motivado a pressão da torcida.

A reportagem do Diário On Line tentou contato com o presidente Vandick Lima e membros da diretoria para falar sobre o assunto, mas os dirigentes não atenderam ao telefone. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.