Semsa divulga novo boletim com mais de 3 mil caos de Zika na capital

O mosquito transmissor do vírus zika, continua atacando em Manaus

 

O mosquito transmissor do vírus zika, continua atacando em Manaus
O mosquito transmissor do vírus zika, continua atacando em Manaus

Manaus, AM – O mosquito transmissor do vírus zika, continua atacando com determinação em Manaus e  com isso, os casos vem aumentando gradativamente.A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) contabiliza, até o momento, 3.462 registros de casos notificados por infecção por zika vírus em Manaus.

Os dados compõe o Boletim Epidemiológico, que monitora a infestação da doença na capital.O balanço do último dia 4 de maio apontou que 1.475 casos notificados de infecção por zika foram descartados. Ao todo, 1.323 estão em investigação.

Em grávidas, o número de notificações subiu para 688 casos, sendo 12 confirmados, 264 descartados e 306 ainda em investigação.

Já foram notificados 15 casos de microcefalia em Manaus, com apenas um caso com associação confirmada com o Zika vírus. Do total, 4 casos já foram descartados e seis permanecem em investigação, 4 casos de microcefalia confirmados, porém não têm associação com o vírus.

O número de denúncias para o Disque Saúde foi de 4.087, até o momento, e a Semsa já executou as fiscalizações em 3.704 locais denunciados pela população como possíveis criadouros.

A Vigilância Sanitária de Manaus (Visa Manaus) já realizou 621 inspeções em estabelecimentos comerciais e 87 deles já foram autuados por falta de manutenção e cuidados no combate ao Aedes.

Microcefalia 

No dia 12 de abril, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou o primeiro caso de microcefalia com transmissão por vírus zika.

Segundo a pasta, um bebê nascido no dia 10 de abril na maternidade Ana Braga foi diagnosticado com microcefalia. A mãe, de 18 anos, adquiriu o vírus da Zika em Boa Vista-RR aos dois meses de gestação.

Prevenção

A Semsa informou que reforçou o trabalho de prevenção das doenças com combate ao mosquito Aedes aegypti. A secretaria já recebeu 4.568 denúncias pelo Disque Saúde e vistoriou 4.135 locais denunciados pela população como possíveis criadouros do mosquito.

A Vigilância Sanitária de Manaus (Visa Manaus) já realizou 943 inspeções em estabelecimentos comerciais e 107 deles já foram autuados por falta de manutenção e cuidados no combate ao Aedes.

A Prefeitura de Manaus divulgou que implantou 1.497 brigadas de combate ao mosquito Aedes aegypti com 7.002 pessoas capacitadas.

A população pode registrar denúncias pelo telefone 0800 280 8 280 ou pelo e-mail [email protected].

Amaznianarede-Semsa

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.