Seminário na Aleam vai discutir atendimento às vitimas da exploração sexual no Amazonas

Seminário vai discutir atendimento as vitimas de violência e exploração sexual no Amaonas

 

Seminário vai discutir atendimento as vitimas de violência e exploração sexual no Amaonas
Seminário vai discutir atendimento as vitimas de violência e exploração sexual no Amaonas

Amazonas – A questão relacionada com a exploração e violência sexua em Manaus e no Amazonas, será amplamente discutida em Manaus, durante a  realização  do  II Seminário Intersetorial de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, realização pela Frente Parlamentar   Frenpac), Aleam.

O evento acontecerá nos dias 23 e 24 deste mês, vai discutir a atenção integral às crianças vítimas de violência sexual, em Manaus. O evento ocorre a partir das 8h, no auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Promovido pela Frente Parlamentar de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes (Frenpac), o seminário discutirá a responsabilidade dos governos municipal e estadual e da sociedade civil, no atendimento às vítimas de crimes de pedofilia e de exploração sexual, que aumentam em Manaus e no interior do Estado.

De acordco com a Frenpac, háfalhas na rede de atendimento à infância e à juventude. Segundo Frente, as vítimas de violência sexual e suas famílias, sofrem o trauma e ainda tem que percorrer um longo e penoso caminho em busca de atendimento médico, psicológico e para denunciar o crime.

O seminário promoverá mesas redondas com especialistas em Direito, Saúde, Antropologia e Serviço Social. A programação inclui também oficinas e exposições de trabalhos, realizados por instituições de governos e da sociedade civil, em defesa dos direitos de crianças e adolescentes, no Estado do Amazonas.

Deverão participar do seminário, representantes do Ecpat-Brasil, Frenpac, Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, Conselhos Tutelares, Universidades, Cáritas Arquidiocesana de Manaus, os Movimentos Um Grito pela Vida, Tecendo Redes e Direitos Humanos, além de estudantes universitários.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail seminariocriancaeadolescente16@gmaisl.com.

Casos

O  Amazonas ja registrou este no 285 casos  de abuso e exploração sexual em crianças e adolescentes.

O número foi divulgado pela Segurança Pública do Amazonas (SSP) na quarta-feira (18), considerado o dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Os números foram registrados de janeiro a abril. Em 2015, o estado registrou 757 casos.

Nos quatro primeiros meses de 2016 os casos contabilizados representam aumento de 9% em relação ao mesmo período do ano passado.

Dos 757 casos registrados no ano passado, em 511 as vítimas foram estupradas. Desse total, 344 envolveram crianças, de 0 a 11 anos, e 392 na faixa etária de 12 a 17 anos. As meninas foram as principais vítimas dos abusos e explorações, sendo 632 casos.

Amaonianarede-Aleam

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.