Semasdh cadastra novas famílias atingidas pela cheia no Bariri

Manaus – As equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) retornaram, nesta terça-feira, 4, à comunidade Bariri, no bairro Presidente Vargas, zona Sul, para fazer o cadastramento das famílias atingidas pela cheia.

Isso porque, após a primeira etapa de auxílio aos moradores que sofrem com a enchente, acabaram surgindo novas demandas na área.

Segundo a diretora do Departamento de Proteção Social Especial da Semasdh, Gecilda Albano, na semana passada 305 famílias do bairro foram cadastradas, mas as equipes retornaram ao local após solicitação dos moradores.

“Algumas famílias que estão com as casas alagadas disseram que não foram cadastradas naquele momento, então nós retornamos aqui para conferir a situação e incluir as pessoas que, de fato, se encaixam no perfil do benefício”, explicou.

A Semasdh já atendeu, até esta terça-feira, 1.995 famílias em seis bairros e concedeu 1.647 benefícios entre aluguel social, cestas básicas, colchões e garrafões de água potável. No total, 1.027 famílias receberam o aluguel social, no valor de R$ 300. Os bairros atendidos até agora foram Glória, Aparecida, Educandos, São Jorge, Presidente Vargas e Raiz.

Todas as ações de cadastramento dos moradores tiveram a participação de agentes da Defesa Civil Municipal, que definem o risco de cada habitação e indicam as famílias que deverão ser inseridas no aluguel social, de acordo com a Lei Municipal 1666/2012.

Foto: Altemar Alcântara 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.