Seleção se apresenta sem esperar “cadeira cativa” com Dunga

01-09seleçaoMiami, EUA – Começou nesta segunda-feira a apresentação dos jogadores da Seleção Brasileira, em Miami (EUA), para os amistosos contra Colômbia (dia 5) e Equador (9). Os atletas que atuam no Brasil já chegaram no hotel e mostraram um discurso afinado: a briga por vagas começa agora e ninguém tem “cadeira cativa”.

Quem usou exatamente essa expressão foi o atacante Robinho, do Santos. Ele conhece bem o trabalho de Dunga, já que foi com ele para a Copa do Mundo de 2010: “Dunga vai colocar quem estiver melhor para jogar. Não tem cadeira cativa”.

Uma curiosidade interessante será ver Robinho jogar novamente com Neymar. Os dois fizeram uma dupla empolgante em 2010, no Santos. “Estava com saudade de ver o Neymar, de voltar a jogar com ele. Pela qualidade, ele dispensa apresentações”.

Até mesmo um jogador com grandes chances de ser titular preferiu manter a cautela. O goleiro Jefferson está otimista, mas prefere não comemorar: “não digo que serei titular, mas a chance é grande. Sei da qualidade do Rafael, mas estou em um grande momento e confiante para assumir essa vaga”, afirmou, citando Rafael Cabral, goleiro do Napoli, que vai concorrer com ele nestes dois amistosos.

Menos experiente, Diego Tardelli aposta na versatilidade para ganhar uma vaga: “do meio para frente, no que puder ajudar, vou estar satisfeito”, comentou ele, completando depois que ainda precisa ganhar um status melhor na Seleção: “sei que é difícil ficar, mas vou fazer tudo para isso”.

Além dos três, também chegaram ao hotel Gil, Ricardo Goulart, Everton Ribeiro e Elias, além da comissão técnica da Seleção Brasileira. Os outros atletas irão da Europa direto para Miami, tendo que se apresentar até 20h (de Brasília) desta segunda-feira.

Fonte: Portal Terra

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.