Seis corintianos conseguem na Justiça o direito de assistir ao jogo no Pacaembu

Amazonianarede – iG

São Paulo – Seis torcedores do Corinthians entraram com ação na Justiça contra a Conmebol e adquiriram uma liminar que lhes garante o direito de assistir à partida desta quarta-feira entre o clube paulista e o Millonarios, da Colômbia, no estádio do Pacaembu. Devido a uma punição imposta pela entidade sul-americana, a partida será realizada com portões fechados.

Segundo o processo movido por Armando José Terreri Rossi Mendonça, advogado e um dos torcedores que requereram o direito de assistir ao jogo, o fato de o ingresso já ter sido comprado por ele e pelo outros cinco torcedores que representa é, por si só, garantidor do direito de eles ingressarem no Pacaembu.

“A punição preventiva do clube para jogar sem a presença da torcida, em um Juízo de cognição sumária, não caracteriza um motivo plausível para a Organizadora do Torneio rasgar os contratos que celebrou com os torcedores que adquiriram por antecipação os ingressos”, diz a decisão judicial assinada pelo juiz Antonio Carlos de Figueiredo Negreiros e registrada sob o número de processo 1006563-33.2013.8.26.0100 no Tribunal de Justiça de São Paulo.

A medida da Conmebol foi tomada depois da morte de Kevin Beltrán Espada, garoto de 14 anos atingido por um sinalizador disparado por um torcedor do Corinthians há uma semana em Oruro, durante a partida contra o San José.

Além de Armando José Terreri Rossi Mendonça, os torcedores Milton Guilherme Rossi Mendonça, Gerson Mendonça Neto, Karina Bellinato Mendonça, Maurício Andreanelli Pimenta e Rodrigo Adura também são requerentes da ação. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.