SBPC encerra com balanço positivo para expositores da UEA

Recife (PE) – Professores, alunos e técnicos da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) avaliam como positiva a participação na 65ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada de 22 a 26 de julho, em Recife.

Durante cinco dias, a UEA apresentou no estande do Governo do Amazonas os projetos Telessaúde, Produção de Biocombustíveis, Coleção de frutos e pesquisas do laboratório de Proteômica e Genômica.

Por meio dos projetos vinculados ao Telessaúde, a UEA mostrou aos participantes da SBPC como é possível facilitar o atendimento de pacientes e o trabalho clínico na atenção primária através de videoconferências, evitando deslocamentos desnecessários do paciente e qualificando os diagnósticos.

“Os visitantes entendem que o serviço oferecido é uma solução para resolver os problemas de atendimento médico em comunidades de difícil acesso. Além disso, sugerem que a ferramenta seja disponibilizadas para outros estados com o objetivo proporcionar esse atendimento rápido e de qualidade”, destaca o técnico Sandro Vieira.

No estande do Governo do Amazonas também foram mostrados os principais projetos desenvolvidos no laboratório de Proteômica e Genômica da UEA, que atua no desenvolvimento de pesquisas nos campos da genética animal e humana. Os expositores passaram informações a respeito do uso de marcadores moleculares para teste de paternidade, dos estudos das bases moleculares de doenças genéticas e das técnicas de utilização de marcadores microssatélites.

Thais Damasceno, 21, é finalista do curso de Biologia e participa pela primeira vez da SBPC. “Pra mim foi uma grande honra participar da SBPC como expositora e ter a oportunidade de divulgar nossas pesquisas. É interessante notar como o público se interessa pelo assunto de Genética, mesmo sem conhecimentos prévios”, afirma.

Para o reitor da UEA, professor Cleinaldo de Almeida Costa, o evento é uma grande vitrine não apenas para expor parte dos projetos e pesquisas desenvolvidos na Universidade, mas também para apresentar o potencial científico e tecnológico do Amazonas e da Região Norte.

Durante a SBPC, a UEA também apresentou os resultados da pesquisa sobre produção de Biocombustíveis e o projeto de Coleção de frutos regionais que levou para Recife parte do acervo de frutos do Centro de Estudos Superiores de Parintins, conservados para levar informações sobre o reaproveitamento, cultivo e a preservação do tucumã, castanha, pupunha, entre outros.

(Agência CT&I Amazonas, por Lívya Braga)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.