Salah Abdeslam chegou a ser detido na Holanda com drogas

Montagem mostra suspeitos que estariam por trás dos ataques em Paris. Da esquerda para a direita: Bilal Hadfi (francês), um homem não identificado, Abdelhamid Abaaoud (o líder, 28 anos, belga), Salah Abdeslam e Samy Amimour (Foto: AFP)
Montagem mostra suspeitos que estariam por trás dos ataques em Paris. Da esquerda para a direita: Bilal Hadfi (francês), um homem não identificado, Abdelhamid Abaaoud (o líder, 28 anos, belga), Salah Abdeslam e Samy Amimour (Foto: AFP)
Montagem mostra suspeitos que estariam por trás dos ataques em Paris. Da esquerda para a direita: Bilal Hadfi (francês), um homem não identificado, Abdelhamid Abaaoud (o líder, 28 anos, belga), Salah Abdeslam e Samy Amimour (Foto: AFP)

Internacional – O francês Salah Abdeslam, procurado pelas polícias de todo mundo por suposto envolvimento nos atentados de Paris, foi brevemente detido em fevereiro na Holanda por posse de maconha, anunciou nesta quarta-feira (18) a polícia holandesa.

“Salah Abdeslam foi detido durante um controle de fronteira de rotina no início de fevereiro”, declarou o porta-voz da polícia holandesa à AFP.

Durante a revista do carro em que viajava, foi encontrada uma quantidade limitada de maconha, acrescentou o porta-voz.

Abdeslam seguiu viagem depois de pagar uma multa de 70 euros, indicou a polícia em um comunicado.

“A identidade de Abdeslam e seus companheiros foi minuciosamente controlada”, indicou a polícia holandesa.

“Abdeslam não figurava no sistema e não havia pedidos de prisão”, acrescenta o texto.

“Portanto, não havia bases jurídicas para iniciar uma investigação mais profunda”.

“A maconha foi apreendida e Abdeslam prosseguiu viagem depois de pagar uma multa de 70 euros”, acrescenta a fonte.

A polícia não disse se e qual dos irmãos de Salah Abdeslam o acompanhava.

Amazonianarede-Sistema Globo

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.