Ronda no Bairro registra redução de até 38% na criminalidade nas zonas centro-oeste e centro-sul de Manaus

As zonas centro-oeste e centro-sul de Manaus alcançaram reduções de até 38% na criminalidade com a implantação do programa Ronda no Bairro desde julho deste ano, segundo estatísticas divulgadas, nesta sexta-feira, pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP/AM), durante a premiação dos policiais militares e civis que se destacaram no combate e prevenção a crimes nas duas zonas. A solenidade ocorreu no Pró-Menor Dom Bosco, avenida J, Alvorada 2, zona centro-oeste.

Segundo o secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel PM Paulo Roberto Vital, as reduções comprovam o sucesso do programa, que está sendo adequado de acordo com as características de cada zona da cidade.

Na centro-sul, por exemplo, que concentra a maioria dos shoppings centers de Manaus, Vital informou que a redução de homicídios chega a 90%, sendo um caso registrado neste ano, no período de 26 de julho a 30 de setembro, e 10 casos no mesmo período do ano passado.

“Isso podemos dizer que é uma redução histórica. Acompanhamos a questão de segurança em todo País, um cenário onde não é fácil reduzir crimes, principalmente, os homicídios. E graças ao governador Omar Aziz que implantou esse programa, estamos conseguindo ir na contramão de todo País, e reduzir a criminalidade em geral aqui em Manaus”, informou.

Além dos homicídios, Vital explica que a polícia conseguiu reduzir, na zona centro-sul, os casos de furto, roubo, tentativa de homicídios e estupros. Nos casos dos roubos, ele ressalta que a redução chega a 50%. “Os roubos e furtos nos preocupam nessa área devido a grande concentração de pessoas saindo dos centros comerciais.

Tenho a certeza que eles estão se sentindo mais seguros sabendo que os crimes têm reduzido e vendo diariamente as viaturas e motocicletas nas ruas”, disse.

Na zona centro-oeste, formada por muitos conjuntos residências, o secretário-executivo do programa Ronda no Bairro, tenente-coronel Amadeu Soares, explica que as rondas constantes resultaram na diminuição de 45% dos casos de roubos e 14% os registros de furtos. Ele afirma que as constantes rondas feitas pelas viaturas do programa estão dando mais tranquilidade aos moradores, principalmente os que moram nas áreas de grandes conjuntos residenciais, que eram alvos constantes de assaltos.

Comerciante há trinta anos no bairro do Parque Dez, zona centro-sul, o açougueiro Gilmar Rodrigues está satisfeito com o Ronda no Bairro. Ele conta que antes do programa chegar, havia muito assalto na área.

“Melhorou muito porque a polícia está sempre presente, direto nas ruas e afastou mais a bandidagem da área”, disse.

“A olho nu a gente observa. Não precisa nem fazer levantamento porque na verdade a polícia tá na rua e isso inibe a violência. A gente vê que tá dando resultado e a tendência é melhorar cada vez mais”, afirmou o Aristóteles Patrício, morador do Parque Dez.

Além da vigilância constante da polícia, outros fatores que contribuem para os bons resultados do Ronda no Bairro é a integração das forças de segurança pública e a aposta na parceria com a comunidade. Cada viatura possui um número de telefone específico para as pessoas ligarem, um incentivo para a população avisar a polícia sobre qualquer situação suspeita. “É denunciar, ligar quando souber de algo que está errado. Não ser conivente.

A gente, fazendo a nossa parte, vai ajudar a todos”, comentou a microempresária Rosária Elias, moradora do Parque das Laranjeiras.

A dedicação dos policiais é fundamental para o sucesso do programa. Em reconhecimento, a SSP premiou 71 policiais civis e militares, que atuam nas duas zonas e que tiveram destaque no trabalho realizado junto à comunidade. Para o soldado PM Rodrigo Barros, há um ano corporação, a boa avaliação da sociedade é o maior reconhecimento que os policiais precisam. “O nosso reconhecimento maior mesmo é o que vem pela sociedade. Mas a própria polícia estar reconhecendo o nosso trabalho é muito bom. Dá um ânimo, um estímulo a mais para continuar fazendo esse serviço com presteza, brio e manter esse orgulho para cada vez mais tá melhorando o nosso serviço”.

“É um incentivo para a gente se dedicar cada vez mais, principalmente agora com o Ronda no Bairro, que dá esse incentivo para você trabalhar. Você tem mais condições de trabalho e vê o resultado de forma mais rápida”, acrescentou a delegada da 22ª Cicom, Sylvia Laureana, também premiada na cerimônia.

Segundo o secretário executivo do Ronda no Bairro, tenente-coronel Amadeu Soares, os preparativos para a implantação do programa na zona sul da cidade já estão em andamento. Quatro dos cinco Distritos Integrados de Polícia (DIPs) da área já estão com obras finalizadas e o efetivo policial que vai atuar na área começa a ser deslocado na próxima semana.

“Já estamos trabalhando na zona sul. Colocamos motocicletas no centro da cidade e, na semana que vem, o Comando da Polícia Militar deve destacar o efetivo que vai compor a área. Vamos dar uma melhorada com relação à oferta de policiamento e nossa previsão é que ele seja lançado em novembro”, frisou Soares.

Tabela do balanço Ronda

(Por:Agecom) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.