Relação custo-benefício de Vagner Love era questionada no Flamengo

Amazonianarede – Lancenet

Rio – Vagner Love se despediu dos companheiros na tarde de sábado e, à noite, o Flamengo confirmou que o jogador estava de saída. O Artilheiro do Amor retornará para o CSKA, clube do qual o Rubro-Negro havia comprado o atacante, mas ainda tinha uma dívida de R$ 19,5 milhões a quitar.

Além de essa pendência ter sido determinante para a decisão da cúpula, outro fator que pesou foi o salário do jogador. Love tinha o maior vencimento do elenco – cerca de R$ 600 mil – e a relação custo-benefício do jogador já era questionada pela nova diretoria.

O clube pagou apenas uma das seis parcelas da negociação com o CSKA (RUS), no valor de 1,5 milhões de euros (R$ 3,7 milhões). A segunda venceu em dezembro, mas o clube não informou se a pendência foi quitada.

Em janeiro, o Rubro-Negro acertou com o CSKA, da Rússia, o preço de 10 milhões de euros (R$ 25,1 milhões) pela transação do atacante. Deste total, 1 milhão de euros (R$ 2,5 milhões) foi pago à vista. Os outros nove milhões de euros (R$ 22,6 milhões) transformaram-se em seis parcelas de 1,5 milhão de euros (R$ 3,7 milhões), com vencimento marcado para os meses de agosto e dezembro de cada ano até 2014.

Na segunda passagem pelo Flamengo, Vagner Love foi tido como o protagonista e atuou fez 52 partidas, marcando 24 gols. Ele, porém, deixou o clube sem títulos.

– Saio com o coração na mão. Não era o meu desejo e tenho certeza que minha história no Flamengo não acabou. Espero voltar e realizar o sonho de ser campeão – disse Love. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.