Preso jovem suspeito de esfaquear e enforcar namorada

Preso, suspeito disse que estava sob o efeito de drogas

 

Preso, suspeito disse que estava sob o efeito de drogas
Preso, suspeito disse que estava sob o efeito de drogas

Manaus, AM – Para muitos, especialmente para quem conhecia o casal, a história é muito estranho, mas o fato é que um homem, de 22 anos, foi preso acusado de matar  namorada, uma mulher, de

Marlisson da Silva Lima disse que estaria sob o efeito de entorpecentes quando enforcou e esfaqueou a vítima, Lina Andrade Matos. Ele foi apresentado à imprensa nesta quarta-feira (22) à imprensa.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Geral de Homicídios e Sequestros (DEHS), Ivo Martins, o crime teria sido motivado por motivo “fútil”. “Ele [o Marlisson] confessou o homicídio, alegando que a vítima o ficava perturbando, porque o mesmo vivia em frente à casa dela usando drogas”, afirmou o delegado titular.

Segundo a polícia, o suspeito chegou a roubar a bolsa e outros pertences pessoais da vítima e tentou negociá-los em um campo de futebol nas proximidades do local do homicídio.

Marlisson informou em depoimento que, no dia do crime, teria ido à residência da vítima e, ao perceber que ninguém o observava, decidiu entrar no local. Ele então se dirigiu à mulher, pediu que ela não gritasse e a enforcou. Quando a vítima estava desmaiada, o infrator desferiu várias facadas nela. Os golpes teriam atingido a região do pescoço.

O corpo ensanguentado da mulher foi encontrado pelo neto de 15 anos, com quem ela morava. Ele teria se desesperado, corrido ao banheiro e ligado para a polícia.

Durante a apresentação à imprensa, o infrator se limitou a dizer que estava arrependido. “Eu a matei porque ela havia me denunciado à polícia e os policiais me violentaram. Mas estou muito arrependido do que fiz”, declarou o suspeito.

Amazonianarede-SSP

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.