Preso homem que estuprou adolescente no Centro de Manaus

Manaus – Um caso de estupro ocorrido há um mês na rua Comendador Clementino, Centro de Manaus, foi encerrado nesta quinta-feira (6), na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA).

A vítima do crime, uma adolescente de 17 anos, reconheceu o suspeito, Francisco Alessandro Teixeira Mariano, 25. Ele foi preso e indiciado por estupro e tentativa de assalto.

Conforme a Delegada Linda Gláucia Moraes, Titular da DEPCA, o homem abordou a vítima quando ela retornava da escola para casa, por volta das 22h30 do último dia 8 de maio. “Ele chegou sobre uma bicicleta e anunciou o assalto, mostrando uma faca e uma arma de fogo para a garota. Após isso, ele levou a menina para um terreno baldio na rua Comendador Clementino, onde consumou o estupro”, informou Linda Gláucia.

No momento da abordagem, segundo a Delegada, o homem tentou intimidar a vítima dizendo que estava acompanhado de um comparsa e apontou para um transeunte que estava no outro lado da rua. “O crime foi registrado por câmeras de segurança particulares. Nas imagens podemos vê-lo levando a menina para o terreno baldio. Por meio do retrato falado e pelas características dele confirmamos a autoria do crime”, disse a Delegada.

Francisco Alessandro foi preso por policiais militares também na rua Comendador Clementino. Ele passeava de bicicleta pela rua quando a mãe da vítima avistou o homem e chamou a menina para reconhecê-lo. O mandado de prisão de Francisco foi expedido nesta quinta (6) pela juíza Patrícia Chacon, da Vara Especializada em Crimes contra o Idoso, Adolescentes e Crianças. A bicicleta utilizada na ação foi apreendida.

“Na época esse era um crime de autoria desconhecida, mas isso não impediu de investigarmos e encontrarmos o homem. Quero alertar as vítimas e os familiares para não terem medo de denunciar e nem perderem a esperança, mesmo se tiverem poucas informações sobre o autor”, relatou Linda Gláucia. A adolescente de 17 anos passou por exame de conjunção carnal no Instituto Médico Legal (IML) e também foi atendida pelo serviço psicossocial da DEPCA.

Em depoimento, Francisco Alessandro negou ter cometido o estupro. Ele disse que trabalha com conserto de bicicletas e que é morador do conjunto Mestre Chico, no Centro da capital. Ele será encaminhado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.

“Minha filha está aliviada vendo que agora ele está preso. Eu também me sinto bem melhor, posso dormir mais confiante”, disse a mãe da vítima. Quem puder colaborar com informações ou até mesmo registrar denúncias contra o homem, entrar em contato pelo número de telefone: (92) 3651-8575.

Durante coletiva na sede da DEPCA nesta tarde, Francisco Alessandro foi apresentado à imprensa. No momento que ele era conduzido à cela da delegacia, o namorado da vítima furou o cordão de isolamento para repórteres e agrediu fisicamente Francisco Alessandro com um golpe no rosto. O namorado da adolescente foi indiciado por lesão corporal.

(Ascom) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.