Preso empresário envolvido com o tráfico de drogas

empresário Thiago Caster de Souza, está preso
 empresário Thiago Caster de Souza, está preso
empresário Thiago Caster de Souza, está preso

Manaus, AM – Policiais lotados na 3ª Seccional Leste, com o apoio do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), prenderam na última segunda-feira, dia 16 de novembro, o empresário Thiago Caster de Souza, 31. Ele administrava uma empresa de fachada, localizada no bairro Alvorada, zona centro-oeste, onde a polícia apreendeu, no dia 6 de outubro deste ano, mais de 100 quilos de drogas. No início deste mês, o pai de Thiago também foi preso pelo mesmo crime. A polícia procura pelo irmão dele.

Durante coletiva à imprensa, realizada na manhã desta terça-feira, dia 17, na 3ª Seccional Leste, o delegado titular da especializada, Pablo Geovanni, informou que Thiago foi preso no dia 16, por volta das 15h, na residência dele, situada na rua Rio de Janeiro, conjunto Campos Elíseos, bairro Planalto, zona centro-oeste da capital.

“Nós chegamos ao imóvel e verificamos que no quarto de Thiago havia um guarda-roupa que tinha um fundo falso, que dava acesso a um banheiro, onde se encontramos Thiago”, disse o delegado, explicando que Luiz Carvalho de Souza, 54, e Tassio Caster de Souza, respectivamente, pai e irmão de Thiago, também participavam do esquema de armazenamento e distribuição de drogas, realizado na falsa empresa.

Luiz foi preso no dia 3 deste mês, em via pública, na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, zona leste. Tassio ainda não foi localizado pela polícia e é considerado foragido da Justiça.

Conforme o delegado, o pai e os dois filhos possuíam funções bem definidas dentro da quadrilha. “Thiago era quem guardava e gerenciava a falsa empresa. Tassio, por sua vez, era o responsável pela compra, venda e distribuição da droga, e Luiz fazia os contatos, já que era uma pessoa bem relacionada no meio empresarial no Estado”, explicou o delegado.

A autoridade policial informou que as prisões são resultado de uma investigação realizada pela especializada desde o início deste ano, quando se descobriu que a empresa de fachada era uma das grandes fornecedoras de entorpecentes na zona leste. “As prisões de Thiago e do pai dele, representam um duro golpe para o tráfico de drogas, porque não se tratam de pequenos vendedores de entorpecentes ou de pessoas envolvidas com o que chamamos de ‘tráfico doméstico’. Estamos falando de distribuidores de drogas, as quais são trazidas de municípios do interior do estado e também da Colômbia para Manaus”, afirmou o delegado.

Thiago foi preso em cumprimento a mandado de prisão, expedido pela juíza Rosália Sarmento, da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes.

O infrator irá responder pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e associação criminosa. Ao final dos procedimentos cabíveis, Thiago será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Conforme o delegado Pablo Geovanni, no dia 6 de outubro deste ano, a equipe de investigação da 3ª Seccional Leste apreendeu mais de 100 quilos de drogas no interior de uma falsa empresa de refrigeração, situada na avenida J do bairro Alvorada 1, zona centro-oeste. Na ocasião, foram presos Roseni Araújo Arruda, 38, e Helinton Sobrinho da Silva, 22, funcionários da empresa.

Durante as diligências no estabelecimento, foram apreendidos, segundo o delegado, substâncias com características de maconha prensada, skunk e pasta base de cocaína, que estavam armazenadas em malas.

Amazonianarede

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.