Prefeitura recebe comissão de professores para discutir pauta de reivindicações

Manaus – O secretário de Governo, Humberto Michiles, representando o prefeito Arthur Virgílio Neto, recebeu a comissão formada por cinco professores de escolas municipais, líderes do movimento de paralisação, na manhã desta quinta-feira, 11.

A categoria realizou uma manifestação em frente à sede da prefeitura de Manaus, na Avenida Brasil, zona Oeste, aderindo à paralisação nacional dos trabalhadores.

Os professores apresentaram uma pauta com 28 reivindicações como atualização do auxílio alimentação ao valor da cesta básica, antecipação do reajuste salarial e diminuição do número de alunos por sala. Após quase uma hora de reunião, os professores afirmaram estar satisfeitos com o início do diálogo.

“A prefeitura demonstra boa vontade em iniciar a conversa com a categoria dos professores, mas é claro que as negociações apenas iniciaram. Esperamos conseguir 100% das nossas reivindicações ou pelo menos a maioria delas”, declarou Kelton Ferreira, professor e um dos líderes do movimento.

O secretário de Governo reafirmou que a conversa foi fundamental para o entendimento entre os trabalhadores e o poder público. Segundo ele, muitas das reivindicações já fazem parte das estratégias do governo municipal para melhorar as condições de trabalho e de aprendizado dos alunos.

“Precisamos construir esses objetivos em conjunto e que esse diálogo seja sempre respeitoso. Devemos estabelecer metas porque há a necessidade de mudanças e é prioridade desta administração melhorar a qualidade da educação. Agora, evidentemente, não dá pra resolver tudo ao mesmo tempo e nem se atribuir toda a responsabilidade a uma administração que está apenas no início. Muitas providências estão sendo tomadas e ainda há muito por fazer”, concluiu Humberto Michiles.

Reportagem: Leonardo Fierro
Foto: Altemar Alcântara

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.