Porto Chibatão registra mais um acidente com deslizamento de terra

Amazonianarede/Assessoria

Manaus – O Porto Chibatão, situado na zona Sul da capital e que normalmente tem um grande movimento de embarque e desembarque de carga, voltou a sofrer na madrugada deste sábado mais um deslizamento de terra, prejudicando as suas operações, mas de acordo com Assessoria de Comunicação do Porto, desta feita não ocorreram vitimas.

Apesar da área pertencer ao Grupo, ela não está no perímetro de atuação do porto, logo, não causou prejuízo às atividades do Chibatão. O local, com distância de um quilômetro do assento, pertencia à empresa Frigomasa, mas foi comprado pelo Grupo e passava por obras.

Segundo a assessoria, no local do acidente estavam sendo trabalhadas injeções de jetground e geoground. O processo se resume a aplicações de cimento, barro e areia do solo até 40 m de profundidade. Com isso, ocorre expulsão da camada de lama do solo, que é o processo normal do tratamento

Histórico de acidentes

Há dois anos, no dia 17 de outubro de 2010, o Porto sofreu o um dos maiores desmoronamentos registrados. Dois funcionários que trabalhavam no local morreram na tragédia.

Além das vítimas, mais de 50 contêineres caírem no Rio Negro, causando um prejuízo de R$ 45 milhões em cargas e mercadorias que abasteceriam algumas empresas de Manaus.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.