População aprova os dez primeiros dos cem dias do Plano de Ação de Arthur na Prefeitura

Divulgação
Amazonianarede – Osny Araújo 

Manaus – Diplomata de carreira e político por vocação, Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro Neto, com cerca de três décadas de vida política, passados pela Câmara dos Deputados, Senado Federal e Prefeitura de Manaus, e nas horas vagas praticante de jiursi-tsu nunca escondeu que na política, o seu forte é o Parlamento, mas garante também que esqueceu o Senado para se dedicar inteiramente a governar e governar bem Manaus, cidade pela qual é “um caboclo apaixonado” e agora tem a responsabilidade de governar pela segunda vez a sua cidade, após um hiato de cerca de vinte anos.

Político experiente, viajado pelo Brasil e pelo mundo, e tribuno fluente, Artur que durante a campanha prometeu uma verdadeira reviravolta na cidade logo nos primeiros cem dias de administração, afirmou que não fugirá a esse compromisso que começou a ser materializado logo no seu primeiro dia de trabalho frente à Prefeitura.

Alias, esse mutirão o tem obrigado há acordar um pouco mais cedo e a dormir mais tarde, a fim de que as cosias caminhem com celeridade, sem desperdício de recursos e transparência e a cidade comece de fato há melhorar um pouco e adiantou que tudo o que está sendo feito no momento são trabalhos paliativos, pois o definitivo ainda vai demorar um pouco, considerando que projetos estão sendo elaborados e precisarão de recursos para se4rem realizados e garantiu que isso deverá acontecer em pouco tempo.

Com relação a sua vocação parlamentar, ele afirma que neste momento da sua vida política o Parlamento está em segundo plano, uma vez que o seu grande compromisso é administrar Manaus, transformá-la numa cidade limpa, digna, bonita e humana.

DEZ DOS CEM DIAS

Cumprindo a promessa feita logo após a vitória nas urnas, o prefeito Artur Neto, desde que assumiu o posto no dia 1° colocou o “bloco de secretários e assessores diretos nas ruas” e iniciou o “Plano dos Cem Dias” ou como a população está chamando de “mutirão geral” para começar a colocar em ordem, alguns problemas mais pontuais e prioritários com o objetivo de dar uma nova aparência à cidade, em questões estratégicas, como limpeza, podas de árvores que ameaçam a população, fiscalização mais efetiva no transito, operação tapa-buraco e tantos outros pontos que vem sendo atacados e com isso, muitas coisas começam a mudar para melhor na cidade.

O próprio prefeito Arthur Neto tem percorrido diariamente vários pontos da cidade. Já esteve na Manaus-Moderna, no Mercado Adolpho Lisboa, na Ponta Negra, deu a partida no mutirão de limpeza na cidade vestido de gari, conversou com empresários do comércio de Manaus, visitou a Ponta Negra e outros pontos da capital, vendo de perto os problemas e buscando meios para solucioná-los.

O fato, é que nestes primeiros dez dos cem dias desse “choque de ordem”, quando o prefeito pouco se ausentará da cidade, tem agradado a população, que mesmo ainda descrendo que as coisas possam realmente acontecer, começa a acreditar e a dar um voto de confiança ao prefeito, admitindo que os problemas volumosos, graves e que será necessário algum tempo para que as cosias fiquem nos eixos, como desejam o prefeito e a população de Manaus.

Seu José Alcântara, 52 que trabalha como “camelo” no centro, está gostando as primeiras ações do prefeito e tem esperança de que tudo vá melhorar. “A cidade esta muito feia e precisa de uma ação dura como a que está sendo realizada. Este centro é uma vergonha e precisa melhorar.” – afirmou. Quando a sua situação como ambulante, seu José disse que confia num futuro melhor e dessa forma possa trabalhar com mais dignidade para sustentar a sua família de cinco pessoas.

Outro que tem gostado das ações inicias desenvolvidas pela Prefeitura, é a d. Maria José da Costa Aquino, professora aposentada, que sempre vai fazer compras na Manaus-Moderna. “Ainda não dá para se notar muita coisa, mas agente vê e sabe que o prefeito está trabalhando e com muito boa vontade”. Agora, vamos torcer para que tudo de certo e Manaus volta a ser uma cidade bonita para nós que moramos aqui e para as pessoas que nos visitam, porque hoje, o centro da nossa cidade é uma favela. – sentenciou.

Seu Armando Licença, que mora no São José, aprova o que está sendo feito nos primeiros dez dias de administração do prefeito Arthur Neto, mas diz torcer muito para uma melhora radical no sistema de transporte coletivo. “O povo que precisa utilizar ônibus para se locomover em Manaus sofre muito, principalmente com a demora nas paradas e espero sinceramente que o Artur resolva essa situação” – diz esperançoso.

NEM SUBIDA, NEM LADEIRA

Consciente dos problemas que herdou para administrar a mais importante capital da Amazônia brasileira, Arthur Neto, acostumado a desafios e a vencê-los, nos constantes contatos que tem mantido com os jornalistas, sempre solícito, garante que por Manaus enfrentará qualquer coisa, adversidades e inimigos. “Eu enfrentarei qualquer situação e não terá subidas ou ladeiras que me tirem do rumo e mudem a minha intenção de administrar bem a cidade de Manaus, com transparência, responsabilidade, compromisso com a sociedade, com o bem-estar da população e especialmente com muito boa vontade de acertar” – diz Arthur.

Quando algum jornalista pergunta sobre a possibilidade de ser candidato em 2014 com o objetivo de retornar ao Senado, Arthur não pensa duas vezes para responder. “De jeito nenhum. Isso está inteiramente fora dos projetos. Fui eleito prefeito de Manaus e ficarei no cargo até o último minuto do mandato. Existe um processo correndo por aí e isso me dá a possibilidade de retornar ao Senado, mas isso não me diz nada e quem deve esta interessado, e isso é um direito, é o meu suplente. Quanto a mil, nem agora e nem em 2014. Eu permanecerei prefeito de Manaus, cargo que o povo me confiou com uma espetacular votação e honrarei até o final esse compromisso com o povo da minha cidade” – disse Arthur.
Votando a falar nos projetos para Manaus, o prefeito disse que vai começar a buscar parcerias para atuar no chamado centro histórico da cidade e naturalmente, esses parceiros deverão ter algum tipo de beneficio, que no momento certo serão estudados e definidos, de acordo com as leis.

Com relação ao secretariado, o prefeito fez questão de dizer que durante a campanha política nunca prometeu cargo a ninguém e assegurou que o secretariado foi escolha pessoa sua. “A escolha foi minha e por isso, a responsabilidade com o secretariado é inteiramente minha e espera que os nomeados correspondam a minha e a expectativa da cidade. Se as pessoas observarem, a presença do meu partido no secretariado, o PSDB é muito pequena, isto porque, não fizemos um secretariado por questões partidárias e sim, por competência e comprometimento com a administração da cidade” – destacou.

LEGISLATIVO

Mesmo com uma boa base de apoio na Câmara Municipal de Manaus, presidida pelo aliado Bosco Saraiva, Arthur Neto garante que pretende estabelecer um grande diálogo com o legislativo, para que possam formar uma grande parceria a favor da cidade.

Segundo ele, esse trabalho em parceria com os vereadores é muito importante para a cidade, pois é a Câmara quem aprova as leis, quem faz reivindicações que fiscaliza a administração e outras coisas mais, por isso, um trabalho harmonioso entre os dois poderes é fundamental para o sucesso da administração.

Com relação a isso, afirmou categoricamente: “Eu quero construir uma parceria com os vereadores. Não me interessa o confronto” – disse.

Disso isso, o prefeito voltou a afirmar que a sua grande preocupação no momento é governar bem a cidade e qualquer coisa fora desse eixo seria futilidade pensar em outra coisa ou ter outro tipo de preocupação. No momento a minha preocupação é uma só, administrar bem Manaus para torna—lá uma cidade mais bonita, humana, cidadã e agradável de morar e visitar. “Isso é ponto de honra e será perseguido até o final do mandato” – garantiu.

E por falar em legislativo, ontem o prefeito acabou de colher a primeira vitória. Opor sugestão sua, a Câmara Municipal de Manaus aprovou por unidade a derrubada do reajuste aprovada pela legislatura passada para prefeito, vice, secretários e subsecretários, e tudo em nome da economia do município.

Outro ponto importante neste início de administração, foi a aprovação da lei delegada por parte da Câmara Municipal, dando am0plos poderes para o prefeito administrar Manaus neste início de trabalho.

COPA DE 2014

Os problemas de Manaus são grandiosos e preocupantes, como por exemplo, o abastecimento de água, o transporte de massa, as questões sociais, a energia elétrica para muitos pontos que a luz ainda não chegou e um crucial, a preparação da cidade para receber jogos da Copa do Mundo de 2014.

Ele afirma que Manaus não tem mais tempo a perder e por isso, tem que se prepara para a Copa e para isso a Prefeitura, até em parceria com o Governo do Estado AM alguns casos, começa a trabalhar um planejamento para promover ações práticas e que após a Copa, esse grande vento do esporte internacional, liderado pelo futebol, fique de legado para a cidade e garantiu que os turistas, terão todas as atenções do município, mas deixou claro que o grande objetivo de todas essas ações voltadas para a Copa é o legado que ficará para a população de Manaus. Isso é mais importante.

Essas ações serão desenvolvidas pela recém-criada Unidade Gestora do Projeto Copa e entre algumas ações as serem desenvolvidas, o prefeito falou do “Bolsa-idioma”, o projeto para o transporte de massa juntamente com o Governo do Estado, a pavimentação da cidade, melhora no sistema viário, embelezamento da cidade, o setor de serviços bem preparado como taxistas, hotéis, comércio, restaurantes, a revitalização o centro histórico, etc.

Com relação ao centro, afirmou que um dos grandes desafios será resolver a situação dos ambulantes e retira-los do centro, tornando novamente bonito e agradável, além da restauração de prédios históricos e outras cosias mais, para que o manauara possa voltar a ter orgulho do centro histórico da cidade e Manaus volta a ser carinhosamente chamada de “cidade-sorriso”.

BALANÇO SEMANAL

Logo no final da primeira semana de trabalho, o prefeito reuniu o secretariado para uma reunião conjuntam, onde todos fizeram um balanço das atividades iniciais e projetaram o que fariam daí em diante.

O prefeito gostou do que ouviu dos secretários e garantiu que essa será uma pratica constante em sua administração, com reuniões semanais entre os secretários para uma interação da administração, através de uma conversa entre todos, considerando que existem muitas ações que envolvem várias secretárias, por isso, as reuniões são importantes para que se tome conhecimento dos problemas e das ações.

Arthur Neto afirmou que ficou satisfeito com os resultados desse primeiro encontro, e acenou com a possibilidade de que isso se torne uma prática semana na sua administração e no final, quem sairá ganhando com essa prática será a população.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.