Policiais descobrem que jovem mentiu sobre traficantes de órgãos

Manaus – O Delegado Titular do 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Pablo Geovanni Batista, esclareceu na tarde desta quarta-feira (15) o caso sobre o suposto sequestro de um adolescente de 15 anos por traficantes de órgãos em Manaus.

O jovem havia informado na terça-feira (14) à Polícia Militar que havia conseguido fugir de uma casa localizada num matagal na Zona Leste, onde supostamente estaria sendo mantido em cárcere privado por traficantes de órgãos. Após acareação, ele confessou ter inventado toda a história.

Segundo o Delegado Pablo Geovanni, todo o efetivo do 9º DIP mais Policiais Militares do Centro de Operações Especiais (COE), da 4ª, 9ª e da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram mobilizados para investigar o caso. “O tráfico de órgãos é um crime que vem sendo combatido de forma contundente tanto pela Polícia Civil quanto pela Polícia Federal”, informou Geovanni.

“Ele disse que inventou toda a história para que a mãe não brigasse com ele, por conta do horário que havia chegado em casa”, disse o Delegado. O adolescente, que é morador da comunidade Novo Reino 2, na Zona Leste, foi para o curso de inglês e teria mudado a rota de casa quando passou pelo Terminal 5 do São José. “A mãe disse que não é a primeira vez que ele foge de casa. Ele falou que tem medo da mãe, que ela não o deixa namorar, jogar bola ou ir para a igreja. Ele viu a oportunidade de passear pela cidade de ônibus e beber refrigerante com os amigos”, informou.

Por mentir à Polícia, o rapaz cometeu o ato de comunicação falsa de crime. “Toda informação que vem da sociedade é apurada porque temos que dar respostas à população. Tudo é tratado de forma séria e com respeito. O caso já foi esclarecido porque paramos toda a manhã para investigar essa situação. Quando os PMs chegaram ao local apontado, não encontraram nada”, esclareceu o Delegado Pablo Geovanni.

A conclusão das investigações será encaminhada para a Delegacia Especializada em Apuração e Atos Infracionais (DEAAI), que acompanhará o adolescente e a relação entre ele e a mãe.

(Ascom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.