Policiais Civis da DERFD prendem quadrilha que furtou mercadoria da empresa Sony avaliada em R$ 1,8 milhão

Amazonianarede – Assessoria

Manaus – O Delegado Titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), Orlando Amaral, prestou esclarecimentos à imprensa na manhã desta quinta-feira (7) sobre a prisão de seis homens, envolvidos em furto à carga da empresa Sony. A mercadoria, avaliada em R$ 1,8 milhão, foi furtada na última segunda-feira (4) e recuperada na tarde de ontem (6), durante ação policial coordenada pelo Delegado Orlando Amaral.

Os Policiais Civis da DERFD prenderam Wagner Clayton Santana Almeida, 38, Juarez Soares dos Anjos, 43, Rafael Oliveira Cordeiro, 30, Raiowander Queiroz da Costa, 33, Paulo Jean dos Santos Bernado, 33, e o motorista da empresa LTA, Ailton Sarmento Lopes, 53, que, de acordo com as investigações, também participou do crime. Os policiais chegaram à quadrilha após prenderem Juarez e Wagner.

Foram recuperados na tarde de ontem (6), num galpão na avenida Presidente Dutra, bairro da Glória, Zona Oeste, 3.737 aparelhos de DVD’s e 651 de TV’s que corresponde à mercadoria furtada.

O Delegado Titular da DERFD, Orlando Amaral, explicou como a equipe conseguiu prender os seis envolvidos no crime. “Conseguimos chegar até eles após um trabalho intenso de investigações. Ao chegarmos ao locatário do imóvel, fomos informados que o local havia sido alugado por Juarez pelo valor de R$ 3 mil”, disse.

Ainda de acordo com o Delegado, a quadrilha iria vender a mercadoria para um homem do estado do Pará. Ele está sendo investigado pela equipe da DERFD.

Os seis homens foram autuados em flagrante por Furto Qualificado (Art. 155/ CPB) e Formação de Quadrilha (Art. 288/ CP). Eles foram encaminhados para a cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.