Polícia investiga a presença de integrantes da FDN em Parintins

O delegado Reginaldo Figueira, comanda a investigação
O delegado Reginaldo Figueira, comanda a investigação
O delegado Reginaldo Figueira, comanda a investigação

Parintins, AM – As marcas estão por toda a parte. No Centro da cidade, ou nos bairros como o Castanheira. Na área os moradores desconhecem os autores da pichação. No centro da cidade onde outros muros foram pichados não existe preocupação em saber dos autores. Nas ruas algumas pessoas foram abordadas, mas quando se trata de facção criminosa o medo predomina.

Além das marcas da facção criminosa Família do Norte (FDN) alguns muros de residências e até do cemitério da cidade o Comando Vermelho também é exaltado.

No primeiro semestre do ano um vídeo foi gravado exaltando a família do norte dentro da unidade prisional de Parintins. Na época, em fevereiro deste ano, o vídeo mostrava um grupo de detentos liderado por Luís Mário, afirmando que a facção criminosa, operava dentro da unidade prisional de Parintins. “Aqui é Família do Norte e Comando Vermelho. Aqui, tá todos os manos [sic] na humildade. Aqui, em Parintins, tá todo mundo no fechado, tá ligado? Então vamos lá”, dizia um trecho do vídeo.

De acordo com a polícia civil as investigações sobre o vídeo aconteceram, mas Luiz Mário negou qualquer ligação e afirmou que não sabia nem o que significava a sigla.

Mas os tentáculos da Família do norte e até do Comando vermelho estão de fato atuando em Parintins? A reportagem  procurou as autoridades policiais para responder a pergunta.

No comando do 11º Batalhão de Polícia Militar de Parintins todos os dias algumas ocorrências envolvem a sigla. Para o capitão Edilson Pantoja alguns desocupados querem chamar a atenção pichando os muros, entretanto, não descarta a presença de recrutados do grupo atuando no município.

As pichações, são muitas na cidade, especialmente nos bairros
As pichações, são muitas na cidade, especialmente nos bairros

“As pichações estão em muro de residências e até de igrejas, mas nós acreditamos que são pessoas que viram algo na televisão, desocupados e até ex – presidiários ou do semiaberto que querem chamar atenção dessa forma. Mas não descartamos qualquer situação de membros do grupo tentarem se instalar”, disse.

A Polícia Civil abriu investigação para apurar o caso e tentar identificar os pichadores. O delegado adjunto Reinaldo Figueira comenta que existem indícios da existência de tentáculos não apenas da FDN, mas de outras facções criminosas. Como durante os depoimentos existem as negativas das pessoas suspeitas não se dá pra fazer uma afirmativa sobre o tema.

“Não temos como afirmar com a absoluta precisão, porém existem vários indícios com a situação de pichações de vários muros principalmente em esquinas da sigla FDN. Já vi também pichações com o CV que é o Comando o Vermelho, portanto, de certeza não posso dizer que essas facções estão aqui, porém está sendo investigado pela polícia os indícios da presença de braços da Família do Norte em Parintins”, revela.

A investigação da Polícia visa não apenas identificar quem tem ligação com a facção como também os pichadores de muros.

Amazonianarede-Portal Parintins

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.