Polícia de Boston prende três novos suspeitos por atentado em maratona

Washington – A polícia de Boston (EUA) anunciou nesta quarta-feira a prisão de três novos suspeitos pelo atentado cometido em 15 de abril durante a tradicional maratona da cidade, que deixou três mortos e 280 feridos.

Os irmãos Tsarnaev por enquanto eram os únicos suspeitos pelo ataque. Tamerlan morreu em um conflito com a polícia e Dzhokhar permanece internado no módulo hospitalar de uma prisão do estado de Massachusetts.
A polícia de Boston não forneceu detalhes sobre os detidos e disse unicamente que não representam uma ‘ameaça’ para a população.

Segundo o jornal ‘The Boston Globe’ os três indivíduos são estudantes universitários.

De acordo com uma fonte do Departamento de Segurança Nacional (DHS) citada pela emissora ‘CNN’, os detidos serão acusados por ‘obstrução’ da justiça.

O FBI encontrou DNA de uma mulher em pelo menos uma das bombas utilizadas no atentado, mas não determinou ainda de quem se trata ou se ela está envolvida na fabricação dos explosivos.

Agentes do FBI falaram nesta semana com Katherine Russell, viúva de Tarmelan que está contribuindo com as investigações. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, defendeu ontem o trabalho ‘exemplar’ das autoridades policiais em relação ao atentado diante das críticas.

A atuação do FBI foi colocada em dúvida pois o órgão encerrou uma investigação iniciada em 2011 a pedido da Rússia sobre Tamerlan, o mais velho dos irmãos de origem chechena.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.