Polícia Civil prende dupla investigada pela morte de dois taxistas

(Foto: Ascom)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio dos servidores da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), coordenados pelo Delegado Titular, Orlando Amaral, prenderam na madrugada desta terça-feira (19), por volta de meia-noite, Júnior Mota de Souza, 24, conhecido como “Jhony”, e Fernando Henrique da Rocha Nogueira, 25.

Dois adolescentes, de 15 e 16 anos, foram apreendidos com Júnior e Fernando, que estavam sendo investigados por envolvimento na morte de pelo menos dois taxistas na cidade. Franklin Abreu de Oliveira, 18, está sendo procurado pela polícia por suposta participação nos delitos.

De acordo com o Delegado Orlando Amaral, os homens são investigados pelo latrocínio dos taxistas José Santana Silva Malcher, 53, morto com duas facadas no pescoço no último dia 9 de novembro e Glauber Soares Nascimento, 35, atingido com 32 facadas pelo corpo no dia 20 de outubro deste ano. Ele ficou internado no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, localizado na Zona Centro-Sul, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na sexta-feira, dia 15 de novembro.

Um taxista de 40 anos, que teve o nome preservado, também foi roubado pelo bando no dia 7 deste mês. O Titular da DERFD explicou como eles agiam. “Apesar de jovens, tudo era muito bem articulado. A adolescente, conhecida como “Loira”, que agora está com os cabelos escuros, sempre acompanhada de um comparsa, ia até um ponto de táxi e pedia corrida para o bairro Campos Sales, na Zona Oeste. Lá o roubo ou latrocínio era cometido”, declarou Orlando Amaral.

Em depoimento, eles revelaram detalhes dos crimes. Com eles foram apreendidos dois celulares que pertenciam às vítimas e a faca utilizada para matar os taxistas.

Júnior e Fernando foram autuados por latrocínio e roubo (Artigo 157 da Lei nº 2848/40). Após os procedimentos na DERFD, eles serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde deverão ficar à disposição da Justiça. Os adolescentes foram conduzidos à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI).

O Delegado Orlando Amaral pede a colaboração da sociedade para localizar Franklin Oliveira. Quem tiver informações sobre o paradeiro dele, favor entrar em contato com os servidores da DERFD pelo número: (92) 3239-3780. A Polícia Civil assegura o sigilo da identidade dos informantes.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.