Polícia Civil prende dupla envolvida em roubo a condomínio na Zona Leste

(Foto: Ascom)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), coordenada pelo Delegado Adjunto, Luis Carrasco, prendeu na noite dessa segunda-feira (16) o eletricista Alexandre Lucas Souza, 32, e Danilo da Silva Alves, 24, envolvidos em roubo a um condomínio no bairro São José, Zona Leste de Manaus.

Os dois são suspeitos de participar na tarde do último sábado (14) de roubo a uma residência localizada no Condomínio Acariquara, na avenida Alameda Cosme Ferreira. Alexandre, Danilo e outro homem que está sendo procurado pela polícia levaram da casa joias, documentos funcionais, celulares e R$ 2 mil em espécie.

Os policiais chegaram até Danilo após rastrearem o celular roubado de um dos moradores do Condomínio Acariquara. Em seguida, os Policiais Civis prenderam Alexandre na casa dele, na rua 13 do bairro João Paulo, Zona Leste da capital. Com Alexandre foram encontradas as joias e R$ 580 em espécie, que segundo o Delegado Luis Carrasco é parte do dinheiro roubado da família.

Em uma residência de um homem identificado como Bruno Fernandes da Costa, 23, no bairro João Paulo, os policiais apreenderam um revólver calibre 38 com cinco projéteis intactos. Bruno não estava no local durante a abordagem.

“A quadrilha rendeu as vítimas no momento em que elas entravam no condomínio. Bruno não participou do roubo diretamente, mas tem participação. Ele guardava a arma e os objetos roubados pelos comparsas. Conseguimos prender Danilo nas proximidades do local onde aconteceu o roubo” frisou Luis Carrasco.

Ainda de acordo com Carrasco, Felipe Souto Maior e Bruno Fernandes da Costa estão sendo procurados pela Polícia Civil por envolvimento no roubo, e segundo o delegado, Felipe é considerado o mentor do grupo.

Durante depoimento, Alexandre confessou que a quadrilha está se especializando em roubos a condomínios. As vítimas estiveram no 9º DIP e reconheceram a dupla.

Alexandre já responde a cinco processos, sendo três por roubo, um por receptação e outro por porte ilegal de arma de fogo. Danilo já tem passagem pela polícia também por roubo. Dessa vez, eles foram indiciados por roubo majorado (Artigo 157 do Código Penal Brasileiro – CPB).

Ao término dos procedimentos realizados na unidade policial, a dupla será encaminhada para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.