Polícia Civil prende bando com droga, arma e munições na Zona Norte

Manaus – Policiais Civis integrantes da equipe “Candango” do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), com o apoio da equipe de investigação do 26º DIP, deflagraram uma ação no início da noite de terça-feira (11) que resultou nas prisões de quatro homens investigados por envolvimento com o tráfico de drogas no bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus.

O trabalho foi coordenado pelo Delegado Titular do 18º DIP, Alexandre Moraes.

Luciano Marques da Mota, 28, conhecido como “Bill”, o irmão dele, Luiz Antônio Marques da Mota, 36, Silas Pereira dos Santos, 24, e Elias da Silva Mendonça, 28, foram presos por volta das 18h em uma residência localizada na rua Anis Estrelado, antiga São Matheus, naquele bairro, após um mês de investigação iniciadas a partir de denúncias de comunitários.

De acordo com os policiais que realizaram as prisões, as denúncias informavam que uma quadrilha chefiada por “Bill” comandava o tráfico de drogas nos bairros Terra Nova e Santa Etelvina. Os investigadores destacaram ainda que havia um mandado de prisão preventiva em nome de “Bill”, expedido no dia 27 de setembro de 2013 pelo juiz George Hamilton Lima, da Vara de Execuções Penais (VEP).

Na casa onde eles estavam foi encontrada uma pistola 9 mm com 15 projéteis intactos, além de um saco contendo uma substância esbranquiçada com aspecto de entorpecente. O material apreendido foi levado para o laboratório do Instituto de Criminalística da Polícia Civil (IC), onde será periciado.

Na sede do 18º DIP, os quatro foram autuados em flagrante por posse ilegal de uso restrito com concurso de pessoas (Artigo 16 da Lei nº 10.826/03). Ao término dos procedimentos realizados na unidade policial, eles serão conduzidos à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

Fonte: Ascom

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.