Polícia Civil confirma que parte de corpo encontrado no rio Negro é de “Frankzinho do 40”

Manaus – O Delegado Titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Antônio Rondon Jr., afirmou na tarde desta segunda-feira (27), durante coletiva de imprensa, que a cabeça encontrada em mala no rio Negro na manhã de hoje é de Frank Oliveira da Silva, 36, conhecido como “Frankzinho do 40”, detendo transferido para o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) no dia 15 de maio.

Após comparação do corpo com exame enviado pelo Complexo Penitenciário de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, chamado “Odontograma”, o Instituto Médico Legal (IML) emitiu um laudo confirmando a identidade do homem, que estava em Manaus cumprindo pena por envolvimento com tráfico de drogas em regime semiaberto.

De acordo com o Delegado Antônio Rondon Jr., as investigações sobre o caso deverão continuar nos próximos dias. “Iremos analisar as imagens fornecidas pelas câmeras de segurança do Compaj e investigar as causas da morte de Frank Oliveira da Silva, que durante muitos anos comandou o tráfico de drogas na Zona Sul da cidade, especialmente na área do Igarapé do 40”, declarou Antônio Rondon Jr.

(Ascom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.