Plano de Segurança Integrada para o 48º Festival Folclórico de Parintins

Manaus – O Governo do Amazonas, representado pela cúpula da Segurança Pública do Estado, apresentou nesta sexta-feira, 14 de junho, o Plano Geral Integrado de Segurança Pública – Operação Parintins 2013.

O plano segue determinação do governador Omar Aziz para que o 48º Festival Folclórico de Parintins sirva de teste das operações de segurança que serão reaplicadas durante a Copa do Mundo em 2014.

O programa de segurança está sendo realizado por meio da integração de todos os órgãos do Sistema de Segurança Pública do Estado (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Departamento Estadual de Trânsito), tendo a coordenação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e o apoio da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP Copa).

Neste ano, é esperado um público de até 100 mil visitantes em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). Entre as estratégias na área de segurança para receber esse público está previsto o policiamento, prevenção e combate à marginalidade em terra, na água e no ar, resgate e salvamento, fiscalização e controle do trânsito, lotação do Bumbódromo, atendimento aos turistas, combate ao turismo sexual, ao tráfico de drogas e de pessoas, à exploração sexual infanto-juvenil, à pirataria, ao trabalho escravo e para a proteção do meio ambiente, entre outras, serão desenvolvidas de acordo com o Plano Integrado Geral da Operação Parintins 2013.

O secretário de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital, disse que o Plano Geral Integrado da Operação Parintins foi elaborado em conjunto por todos os órgãos do sistema no Gabinete de Gestão Integrada (GGI), colegiado que congrega todos os órgãos municipais, estaduais e federais ligados à segurança, como Forças Armadas, Polícia Federal, Ibama, Agência Brasileira de Inteligência, Secretaria de Cultura (SEC), Prefeitura de Parintins, Amazonastur, entre outros.

“O festival vem ganhando dimensões gigantescas, com turistas de todas as partes mundo. Neste ano temos importantes atrativos, como o centenário de Caprichoso e Garantido e o novo Bumbódromo, totalmente reformado e ampliado pelo Governo do Estado. Diversas autoridades e celebridades nacionais e internacionais vão nos prestigiar, e as instituições da Segurança Pública estão prontas para garantir a paz e a tranquilidade”, afirmou o coronel Vital.

Vital disse ainda que o tráfico de drogas será tratado com bastante atenção pela polícia. “Festas nessas proporções são muito vulneráveis ao comércio de entorpecentes, mas estaremos atentos em evitar isso”, frisou, reiterando que no festival e durante a Copa do Mundo em Manaus as ações serão monitoradas. “Vamos montar o Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICC), que estará em ligação com o CICC Regional, que é o atual Centro Integrado de Operações, o Ciops. Assim, tudo o que acontecer durante o evento-teste será coordenado e executado a partir desse centro de comando”, acrescentou Vital.

O CICC Local vai gerar relatórios em tempo real e diários sobre ocorrências registradas em Parintins para orientar a estratégia de trabalho das forças de segurança. A SSP-AM vai deslocar para Parintins servidores das polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Detran-AM, Corregedoria Geral, Secretaria Adjunta de Inteligência (Seai), Gabinete de Gestão Integrada (GGI), Centro Integrado de Operações (Ciops) e Assessoria de Comunicação Social.

Polícia Militar – A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) utilizará um efetivo de 700 policiais (masculinos e femininos) de todas as unidades policiais comandadas pelos quatro grandes comandos da corporação: Comando de Policiamento Metropolitano, Comando de Policiamento do Interior, Comando de Policiamento Especializado e Comando de Policiamento Ambiental, sob a orientação direta do comandante geral da PM, coronel Almir David Barbosa.

Além dos 700 policiais, a PMAM utilizará 70 veículos de quatro e duas rodas, 7 cavalos para o policiamento montado, 2 embarcações para o patrulhamento fluvial na orla de Parintins, 1 helicóptero e 3 cães farejadores, que seguirão de Manaus para se integrarem aos policiais lotados no 11º Batalhão de Polícia Militar em Parintins.

“Estamos trabalhando nesta Operação Parintins desde o início do ano justamente porque, o festival folclórico dos bumbás 2013 é considerado como evento modelo para articulação de um megapoliciamento por parte da Polícia Militar, que vai estar com efetivo qualificado em terra, água e ar. Considerando que a festa de Parintins tem apelo nacional e internacional de grande porte, elegemos a edição deste ano para colocarmos em prática toda a capacitação absorvida pela tropa para atuar de forma consciente e dentro dos padrões internacionais de segurança pública”, explicou Almir David.

Perímetros – Para melhor desenvolvimento da operação, a PMAM dividiu Parintins em seis setores na área urbana onde haverá a presença de policiamento constante durante todo o período do festival. Dentro desses setores, os militares criaram o Perímetro Vermelho, policiamento com elevado grau de investidas e monitoramento, principalmente, nas aglomerações populares, bares e similares, praças, ruas e adjacências por toda cidade; o Perímetro Amarelo, cobrindo a área externa e circunvizinha do Bumbódromo com policiamento moderado e alerta, próprio para ambientes frequentados por torcedores, simpatizantes, visitantes e expectadores concentrados ou espalhados nos arredores do anfiteatro, principalmente, nas entradas e saídas do mesmo; e o Perímetro Verde, policiamento preventivo e repressivo no ambiente interno da arena, patrulhando as arquibancadas, os locais de alimentação, banheiros, camarotes, corredores de acesso e demais áreas próximas do palco.

Operações especiais – A Operação Parintins 2013 é completada por quatro patrulhamentos de grande porte: a Operação Encontro das Águas, que fará vistoria e monitoramento de embarcações saídas de Manaus para a Ilha Tupinambarana; a Operação Boas Vindas, na chegada dos barcos em Parintins; a Operação Festa dos Visitantes; e a Operação Linha da Vida, focada na segurança do trânsito em Parintins.

A PMAM também desenvolverá o Projeto Rede Educativa, ação de assistência social efetuada por técnicos da área de saúde e educação da corporação, com o objetivo de prevenir, proteger e alertar os presentes no festival contra o uso indevido de drogas, bebidas alcoólicas e os excessos de comportamento que possam comprometer a tranquilidade da festa.

Polícia Civil – O efetivo de Parintins da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), que é formado de 23 servidores, entre delegados, escrivães e investigadores, terá o reforço de 90 funcionários da capital, sendo 10 delegados, 6 peritos (5 criminais e 1 legista), 10 escrivães, 42 investigadores, além de profissionais técnicos e da área administrativa que atuarão no suporte e divulgação da operação, que inicia a partir da próxima segunda-feira, dia 17 de junho. A coordenação será do diretor do Departamento de Polícia do Interior da PC-AM, delegado Antônio Chicre Neto.

O cronograma de atividades compreende períodos de montagem, preparação e reconhecimento de área, implantação dos núcleos de atendimento das delegacias especializadas em Fiscalização e Combate aos Crimes na Orla Marítima e em Crimes contra o Turista, montagem da base da PC-AM no Centro integrado de Operações (Ciops) e plantões 24 horas nos dias do festival.

Cronograma da PC-AM – No dia 17, será efetuada a saída da Delegacia Fluvial, transportando veículos, armamento, material de comunicação, expediente, além da equipe de apoio operacional. No dia 18, será realizada a instalação dos equipamentos e check-in de todo o suporte técnico e material a ser utilizado durante o período operacional. No dia 20, iniciam os trabalhos preventivos e repressivos ao tráfico de drogas, furto de veículos, crimes contra crianças e adolescentes, cujo objetivo é a redução da violência, da criminalidade e saturação das áreas envolvidas, operacionalizando em conjunto com a Delegacia Interativa de Parintins/AM e Delegacia Fluvial.

No dia 25, será implantado o núcleo da Delegacia Especializada em Fiscalização e Combate aos Crimes na Orla Marítima, que servirá também como base operacional e ou de apoio aos demais órgãos envolvidos (Marinha do Brasil, PMAM, Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, Polícia Federal etc.). No dia 26, será implantado o Núcleo da Delegacia Especializada em Crimes contra o Turista no Centro de Atendimento ao Turista (CAT/PIN). No dia 27, a PC-AM instalará a sua base no Ciops. No dia 28, o efetivo inicia os plantões de 24h na Delegacia Interativa de Parintins.

Detran-AM – O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) inicia suas ações no próximo dia 20 de junho. Um efetivo de 30 servidores, entre agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) e da Gerência de Educação foi mobilizado para campanha que vai até o dia 1º de julho. “Nossa meta é zerar os acidentes durante a realização do festival. Para que isso aconteça, iniciamos o trabalho de educação e as fiscalizações preventivas ainda no início de junho, trabalhando em parceria com a prefeitura e vamos intensificar nossas ações na semana que antecede a festa dos bumbás. Preservar vidas é a determinação do governador Omar Aziz”, afirma o diretor presidente do órgão, Leonel Feitoza.

A partir do dia 22 de junho, na área de educação, os agentes do Detran-AM iniciarão uma serie de palestras nas associações de mototaxistas e taxistas de Parintins. Nesse mesmo dia, a equipe também começará a distribuição do material educativo e de divulgação nos meios de comunicação, especialmente as emissoras de rádio locais, orientando sobre o comportamento adequado de condutores e pedestres para que se tenha um trânsito seguro.

Ainda na semana que antecede o festival, os agentes do Neot realizarão blitze educativas, chamando atenção dos motoristas sobre a obrigatoriedade do respeito à Lei Seca, uso de equipamentos de segurança, documentação do condutor e do veículo, em dia, além de outras práticas que precisam ser respeitas para que se tenha um trânsito seguro, antes, durante e depois do Festival Folclórico. Durante o festival, o trabalho de fiscalização será realizado por meio de blitze fixas e itinerantes, com uso de etilômetro (bafômetro).

Corpo de Bombeiros – O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) atuará com um total de 140 bombeiros, que irão realizar ações de prevenção e de combate ao fogo dentro e fora do Bumbódromo, nas dependências do aeroporto Júlio Belém e em suas adjacências, nos galpões das escolas e nos deslocamentos de suas alegorias ao Bumbódromo, na orla fluvial e na área urbana.

Para o cumprimento da missão, a tropa está distribuída em Postos, Setores e Subsetores, de acordo com o planejamento. Quanto à Prevenção Aquática, o CBMAM desenvolverá ações em toda a orla da cidade de Parintins, através de embarcações próprias. As guarnições deverão estar equipadas e em condições de atender qualquer chamado de urgência ou emergência, podendo atuar em parceria com equipes da Marinha Brasileira (Capitania dos Portos) e de acordo com ordens específicas do Comandante de Prevenção Aquática.

Grupos especiais – A fim de atender a demanda prevista ao 48º Festival Folclórico de Parintins, as guarnições serão divididas em quatro grupos especiais, sendo que o primeiro é o de prevenção na área urbana. Esse grupo é composto pelas guarnições do serviço ordinário da 3ª CIBM, juntamente com os bombeiros-militares de Manaus, que atuarão em toda a área urbana.O segundo grupo é o de prevenção no Bumbódromo e será fracionado em dois setores e esses em subsetores. O primeiro setor compreende as prevenções na área interna do Bumbódromo e será fracionado em quatro subsetores: subsetor 1 – destinado à área da torcida do Boi Garantido; subsetor 2 – destinado à área da torcida do Boi Caprichoso; subsetor 3 – destinado à área das autoridades civis e militares, convidados especiais e sala de imprensa. O segundo setor é a área externa do Bumbódromo e suas adjacências. Será composto por viaturas operacionais, motocicletas e Unidades de Resgate, em parceria com os outros órgãos de segurança pública, quando disponibilizarem ambulâncias. O terceiro setor é destinado a atender o público na área da ampliação das novas instalações físicas do Complexo Cultural.

O terceiro grupo especial é o de prevenções aquáticas e está dividido em dois setores: 1º Setor – destinado à prevenção aquática no Complexo de Esporte e Lazer Canta Galo e outros balneários; e 2º Setor – destinado à prevenção aquática na orla da cidade de Parintins e áreas adjacentes. O quarto grupo especial é o de prevenção no aeroporto Júlio Belém. O grupo está dividido em duas equipes, com efetivo especializado e cumprirá escalas de serviços por 24 horas. O comandante que coordenará as ações será o major Elenildo Rodrigues Farias.

Defesa Civil – O Subcomando de Ações de Defesa Civil do Amazonas (Subcomadec) atuará no evento com uma equipe formada por 53 pessoas, sendo 13 agentes de Defesa Civil, 20 voluntários de emergência habilitados, 20 integrantes das Forças Armadas (Exército, Marinha e Força Aérea). Essa equipe dará reforço à Defesa Civil Municipal de Parintins, que conta com cinco agentes em seu quadro.

Para executar as ações de avaliação de ameaças de risco, monitoramento hidrometereológico e de orientação de segurança em Parintins, o Subcomadec contará com helicóptero com capacidade para 11 pessoas, viatura carro-pipa com capacidade para 10 mil litros de água, 3 viaturas de transporte terrestre com capacidade para 30 pessoas, barracas de campanha hospitalares e equipamentos específicos para atendimento médico, estações meteorológicas, rádios de comunicação e aparelhos GPSs. As ações serão coordenadas pelo tenente-coronel Roberto Rocha.

(Agecom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.