PF descobre despacho de macumba na casa de Collor contra Janot

Para se livrar das broncas com a Justiça, Collor apela par a macunba
Para se livrar das broncas com a Justiça, Collor apela par a macunba
Para se livrar das broncas com a Justiça, Collor apela par a macunba

Brasil – Em 1992 não deu muito certo, mas Fernando Collor  ainda aposta em expedientes nada terrenos para  se livrar de encrencas.

Na última vez em que esteve em sua casa, em julho, a PF encontrou um despacho de macumba endereçado a Rodrigo Janot e Fábio George da Silva, o homem-forte de Janot no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Numa mesa, os agentes encontraram uma foto do conselho do CNMP com os rostos de Janot e de George assinalados num círculo feito a caneta. Acima da foto, numa folha de papel com o timbre do Senado, os nomes de vários orixás: Iemanjá, Elegbara, Oxalá, Ogum, entre outros.

Amazonianarede-Agencias

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.