Pesquisador diz que estudos com moscas servirão de base para pesquisas de entomologia médica

(Foto: Divulgação)

O uso da microeletrônica em um estudo sobre o comportamento da mosca-da-fruta (Drosophila melanogaster) poderá servir de base para análise do comportamento de mosquitos transmissores de doenças como a malária e a dengue.

O estudo com a mosca-da-fruta foi apresentado pelo pesquisador renomado Michael Dickinson da Universidade de Washington (EUA).

No estudo com a mosca-da-fruta o pesquisador procura entender, por exemplo, quais as respostas neurais quando as moscas vêem e como isso vai influenciar no voo delas. Dickinson já ministrou palestra no TEDx Caltech, tem mais de 100 publicações científicas, além de ser um ícone na sua área pelo conhecimento adquirido na carreira de pesquisador.

Dickinson explicou a pesquisadores e alunos de pós-graduação do Instituto como se dá o uso da microeletrônica para o estudo do comportamento da mosca, o voo e o que faz ela pousar sobre os objetos.

De acordo com o pesquisador o estudo servirá de base para pesquisas sobre o comportamento de mosquitos, dentre eles os que transmitem doenças. “Nós conseguimos financiamento lá nos Estados Unidos para adaptar os estudos para focar nos mosquitos para avaliar como eles reconhecem os odores e assim pousam no ser humano. Graças aos estudos iniciais que agora há essa possibilidade”, disse.

Intercâmbio

Para o biólogo e entomólogo do Inpa e organizador da palestra, Gil Felipe Gonçalves Miranda, eventos como este promovem o intercâmbio entre cientistas, o que pode resultar em possíveis parcerias. ” Essa era uma das intenções em trazer o Dickinson aqui para ver se surge o interesse em fazer colaborações e quem sabe surge uma nova linha (de pesquisa) aqui no Inpa”, afirmou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.