Pesquisa do Viver Melhor/Pró-Assistir cria software para ressocialização de crianças autistas

Amazonianarede – Agecom

Manaus – Na próxima quinta-feira, dia 28 (quinta-feira) de fevereiro, às 14h, na sala de seminários do Instituto de Computação da Universidade Federal do Amazonas (Ufam – avenida Rodrigo Otávio, nº 3.000, Coroado, zona leste), o analista de sistemas David Lima, que desenvolveu o projeto do software Music Spectrum com o objetivo de utilizar a musicoterapia para a reabilitação social e cognitiva de crianças autistas, irá apresentar a pesquisa de dissertação de mestrado que deu origem ao software.

A pesquisa foi realizada no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), sob a coordenação da professora Thaís Helena Chaves de Castro, e o projeto foi financiado pelo programa Viver Melhor/Pró-Assistir, do Governo do Amazonas.

O Viver Melhor/Pró-Assistir foi idealizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti-AM) e lançado em abril de 2012 pelo governador Omar Aziz. O programa é executado em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado Amazonas (Fapeam) e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped).

Este foi o primeiro programa de tecnologia assistiva lançado no País a estimular a participação não somente de pesquisadores, mas também de inventores. A Fapeam disponibilizou por meio do edital 006/2012 recurso no valor de R$ 2,5 milhões para aplicação em projetos de inovação voltados ao desenvolvimento de produtos assistivos de maneira a contribuir para dar mais autonomia, independência e qualidade de vida a pessoas com algum tipo de deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida. O resultado foi considerado positivo na medida em que contemplou projetos de alto nível de qualidade.

O software – O Music Spectrum cria um ambiente imersivo na prática do violino. O software utiliza a musicoterapia, que é o uso de música e de seus elementos (som, ritmo, melodia e harmonia), fornecendo suporte computacional adequado a sessões de musicoterapia em que a criança já esteja se preparando para ser incluída em grupos de musicalização infantil.

De acordo com Lima, o aplicativo foi desenvolvido para o dispositivo móvel iPad. ”Espera-se, com isso, contribuir não só para o aprimoramento das habilidades musicais das crianças como também para o desenvolvimento de sua organização cognitiva e espacial. Nosso objetivo é disponibilizar o aplicativo gratuitamente em breve”, disse o pesquisador.

Autismo – O autismo é considerado uma perturbação do neurodesenvolvimento, com implicações severas no comportamento, comunicação e na interação social. Com grau de comprometimento de intensidade variável, os sintomas podem aparecer nos primeiros meses de vida, mas dificilmente são identificados precocemente.

O mais comum é os sinais ficarem evidentes antes de a criança completar três anos. No Brasil, o autismo atinge cerca de dois milhões de pessoas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.