PCE de Manacapuru(AM) fazem pesquisa sobre Micro-organismos no Ambiente Escolar

Os micro-organismos, ou micróbios são organismos que só podem ser vistos ao microscópio, neste grupo podem ser incluídos os vírus, as bactérias, os protozoários, as algas unicelulares, fungos e os ácaros. E vocês já pensaram onde esses seres vivem? De que forma eles sobrevivem e do que se alimentam?

Eles estão em todos os lugares e a famosa Rinite, que grande parte da população vem sofrendo. Com o passar do tempo talvez seja a maior prova de que eles não só existem, mas como estão em todos os lugares. E que lugar melhor do que a escola pra pesquisar esses micro-organismos não é?

Pensando na importância e na peculiaridade do tema os alunos da Escola Estadual Jamil Seffair desenvolvem através do Programa Ciência na Escola (PCE) a pesquisa: ‘Mostrando a existência de micro-organismos no ambiente escolar’. O projeto é desenvolvido pela coordenadora Alcimara Chames, e financiado via Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Amazonas (Fapeam) e executado no município de Manacapuru.

Ao todo, três jovens pesquisadores e um apoio técnico junto com a professora coordenadora realizam passo a passo a pesquisa no ambiente escolar. Com total apoio da gestora e de demais parcerias como a Escola Estadual Nossa Senhora de Nazaré, o projeto vai além da teoria e dos muros da escola, possibilitando aos jovens pesquisadores a oportunidade de conhecer e trabalhar no laboratório.

Serão feitas coletas nos mais diversos espaços dentro do ambiente escolar, bebedouros e condicionadores de ar são bons exemplos de produtos e materiais utilizados diariamente que podem conter esses seres.

O projeto não pretende ficar restrito a jovens pesquisadores bolsistas, palestras serão ministradas aos alunos da escola Jamil e a todas interessadas, além de instigar os alunos ao mundo da pesquisa, proporcionando a eles a oportunidade de participar voluntariamente do projeto.

De acordo com a professora coordenadora, especialista no assunto pela Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam), aprender a identificar os micro-organismos existentes é o primeiro passo, partindo para uma pesquisa mais detalhada, tema a ser abordado na próxima edição do PCE.

Metodologia Científica e Alfabetização Científica fazem parte da teoria repassada aos jovens pesquisadores que aos poucos vão imergindo nesse mar de conhecimento que o PCE pode proporcionar.

Além das atividades já programadas, visitas aos laboratórios do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) começam a ser pensadas, levar os cientistas ao universo escolar também faz parte da proposta do programa e já estão sendo articuladas, despertar a vocação científica nos alunos e quem sabe o interesse por biologia também estão nos objetivos gerais da coordenadora.

Texto e Foto: Jamyly Macêdo 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.