Operação Martelo cumpre mandados no combate ao desvio de recursos públicos

Porto Velho – A Polícia Federal, em conjunto com a Controladoria Geral da União-CGU e a Secretaria da Receita Federal deflagrou hoje (7/5) a Operação Martelo no cumprimento de sete mandados de prisão temporária, 30 mandados de busca e apreensão, 19 mandados de afastamento de servidores públicos de suas funções, 19 mandados de sequestro de bens móveis, três mandados de sequestro de bens imóveis.

As investigações iniciadas em 2007, contam com aproximadamente 150 policiais, 16 servidores da CGU e 20 servidores da Receita Federal.

Serão ouvidas, ainda, mais de 60 pessoas, entre investigados e testemunhas. A Operação visa o combate ao desvio de recursos públicos. Os mandados estão sendo cumpridos nos municípios de Manaus e Parintins, no estado do Amazonas e em Porto Velho/RO. Dos sete mandados de prisão temporária, seis são em desfavor de empresários e um em desfavor de uma servidora pública.

Estima-se que os valores das fraudes envolvam licitações e contratos públicos que superam o montante de R$ 40 milhões. O nome da Operação faz referência ao instrumento de trabalho de pregoeiros e leiloeiros, na medida em que a maioria dos crimes investigados foram cometidos no âmbito de licitações públicas. Fonte: DPF

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.