Operação Lei Seca invade ruas de Manaus

Lei seca
Lei seca
Manaus – Dezenas de bares visitados, aproximadamente 10 estabelecimentos fechados e uma grande ação informativa, tudo visando o cumprimento da determinação judicial que estabelece a Lei Seca em Manaus na véspera do segundo turno da eleição,

Na noite deste sábado (27) aproximadamente 80 policiais civis foram às ruas de todas as zonas de Manaus para orientar e, se necessário, fechar bares onde se verificasse a venda e consumo de bebidas alcoólicas. Equipes do conselho tutelar e do juizado de menores também acompanharam a ação da Polícia que iniciou as 22h, encerrando as 2:30h. Em cerca de dez estabelecimentos haviam clientes que ainda consumiam bebidas alcoólicas. Em alguns deles foram encontrados menores de idade, drogas ou armas.

A operação iniciou pela praça do caranguejo, no Conjunto Eldorado, zona Centro-Sul, onde os bares já estavam fechando as portas durante a chegada do comboio. De lá, a equipe seguiu para as zonas Norte e Leste, enquanto outro grupo de policiais percorreu as zonas Oeste, Sul e Centro-Oeste.

Na Avenida do Turismo, zona Oeste, os bares que descumpriam a Lei Seca foram fechados. Na zona Sul, no Boulevard Álvaro Maia, o cabo da polícia militar Raimundo Nonato Bindá, 39, foi abordado na companhia de um homem de 69 anos. Ambos aparentavam estado de embriaguez e foram conduzidos ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP). No local o PM se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi liberado, mas teve o carro e a habilitação apreendidos pelo Detran. Um oficial da PM acompanhou o procedimento. De acordo com o plantão da delegacia, será encaminhado processo administrativo ao Detran, para análise. Evandro Del Águila da Encarnação, de 69 anos, que acompanhava o policial, foi preso por desacato a autoridade.

Na zona Norte, Ingride Cristina Gomes, 30, foi notificada por estar com os dois filhos menores em uma festa. No local ainda foi constatado o consumo de bebida alcoólica, em descumprimento à Lei Eleitoral. Ela foi notificada e o coordenador do Conselho Tutelar da Zona Norte, Marcos Frota comentou a situação de perigo a que foram expostos os menores. “Eles ficam sujeitos, nesta situação, a possíveis atos de violência, correndo risco de vida”, explica Frota.

Ainda na Zona Norte, o dono do bar “Meia Noite e Cia” foi autuado e encaminhado ao 15º DIP, após ser flagrado vendendo bebida alcoólica na Avenida Curaçao, Nova Cidade. No interior do bar foram encontrados um menor e, com um dos clientes, uma porção pequena de substância semelhante a maconha. Marcelo Pereira de Lima,24, que estava com a droga, foi encaminhado à delegacia e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pela posse do entorpecente, sendo liberado em seguida. O dono do estabelecimento foi autuado e deve comparecer ao Juizado de Menores nos próximos dias.

Na Zona Leste de Manaus, mais bares fechados. No bar Fla Manaus, localizado na avenida Itaúba, Jorge Teixeira, Félix Barbosa dos Santos, 39, foi preso após ser flagrado em posse de dois revólveres calibre 38 e mais 16 munições do mesmo calibre. Ele é o proprietário do estabelecimento e afirmou que tinha os revólveres para se defender de assaltos, mas confirmou não ter a licença obrigatória. Ele foi encaminhado ao 14º DIP e autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Para o Delegado Geral Adjunto, Mário Aufiero, o baixo número de registros envolvendo o descumprimento da lei reforça o resultado positivo do trabalho preventivo feito pela Polícia Civil. “Cada Delegacia Seccional ficou responsável por notificar os estabelecimentos de sua região ao longo da semana, assim como já havia ocorrido no primeiro turno. Desta forma, os proprietários se anteciparam no cumprimento da lei e fecharam os bares dentro do horário, gerando tranquilidade para o pleito”, analisou Aufiero.

Segundo o Delegado da Força Especial de Repressão e Assalto (FERA), Fábio Martins, coordenador operacional da ação, o saldo positivo da tem a ver com a presença da polícia nas ruas de Manaus. “Quando a polícia está na rua, a segurança tem um ganho, e a sociedade percebe”, frisou.

A Polícia Civil segue atuando durante a eleição para prefeito, em Manaus. Durante todo o domingo de eleição equipes estarão nas ruas acompanhando o pleito e dando suporte à Policia Federal caso sejam identificadas ocorrências mais graves. No TRE haverá, ainda, representantes da cúpula da PC no gabinete de crise instalado no tribunal, responsável por resolver rapidamente situações que possam acontecer durante a eleição.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil do Amazonas também estará acompanhando todo o processo eleitoral desde as primeiras horas da manhã.

(Por:Ascom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.