Operação faz retirada de lanches abandonados e obstruções em via pública

(Foto: Semcom)

A Prefeitura de Manaus retirou dois lanches abandonados, demoliu um barraco e floreiras de concreto, construídos em logradouro público, e retirou uma lixeira que ocupava uma via de tráfego.

A operação de ordem social, para manter a postura urbana em Manaus foi promovida pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), com apoio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e Guarda Municipal, durante toda a quinta-feira, 31 de outubro. Os trabalhos foram concluídos à noite.

A remoção dos três mobiliários na praça do conjunto Renato Souza Pinto, Cidade Nova I, entrou pela noite, sendo retirados do local dois carros-lanches abandonados e uma tenda montada sem autorização do órgão ou mesmo da Secretaria Municipal Feiras e Mercados, Produção e Abastecimento (Sempab).

Durante o dia, fiscais da Divisão de Controle (Dicon) e da Gerência de Fiscalização de Postura (GFP), junto com a equipe da Seminf, fizeram a demolição de floreiras concretadas na rua Silva Ramos, na via de rolamento, impedindo passagem e estacionamento de carros. O proprietário foi notificado a fazer a demolição voluntária em agosto, apresentando como motivo para a colocação das floreiras a garantia do seu direito de ir e vir, para evitar que outros automóveis parassem na entrada da sua garagem. No final do mês de agosto, a fiscalização foi duas vezes ao local entregar novas notificações, mas não havia ninguém na residência. A demolição administrativa foi realizada, com a preservação das palmeiras plantadas nos canteiros.

A partir de denúncia feita na fanpage do Implurb, no dia 28 de outubro, uma lixeira foi removida da rua Major Gabriel, entre a Huascar de Figueiredo e a Sete de Setembro, que impedia acesso a via, estando concretada na lateral do meio-fio. Por se tratar de obstrução de via pública, não passível de regularização, a lixeira foi retirada e o proprietário não apareceu.

E na rua Apurinã, Praça 14, um barraco foi demolido durante a ação, por ocupar passeio com cobertura de telhas e estrutura de madeira, além de acumular sucata.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.