Operação Centopéia prende cinco pessoas na Zona Norte

Operação Centopéia
Amazonianarede – Assessoria

Manaus – Cinco pessoas foram presas durante a operação “Centopéia” deflagrada na manhã de hoje (13) por Policiais Civis, comandados pelo Delegado Titular da 2ª Seccional Norte, João Neto, o adjunto, Delegado Paulo Martins, e coordenados pelos Delegados, Ana Cristina Braga, titular do 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), e Ivo Martins, titular do 18º DIP.

A operação foi realizada nos bairros, Novo Israel, Santa Etelvina e Monte das Oliveiras, todos na Zona Norte, e teve início às 6h, com sete mandados de busca e apreensão, e um mandado de prisão.

Joseffe Senna de Oliveira, 26, e a mulher dele, Izabel Tavares da Silva, 30, foram presos na rua Chico Mendes, no Novo Israel. Com eles foram apreendidas 22 trouxinhas de substância com características de pasta base de cocaína, uma porção com aspecto de cocaína em pó, quatro trouxinhas de uma substância verde, supostamente, de maconha, cinco projéteis sendo três de calibre 38, e dois de calibre 32, uma TV LCD de 42” , um notebook e , R$ 150.

Na residência do casal também estava, Davi da Silva Senna, 19, irmão de Joseffe, que foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos. Descobriu-se que ele é foragido e cumpria pena no regime aberto na Casa do Albergado, no bairro da Cachoeirinha, Zona Sul.

No bairro Santa Etelvina, rua Travessa Eliete Silveira, foi preso Heldo Pereira de Araújo, 22, em cumprimento de mandado de prisão preventiva por tráfico, expedido desde o último dia 22 de novembro, pelo juiz Julião Lemos Sobral Júnior, 3º Vara Especializada em Crimes de Uso e Trafico de Entorpecente (Vecute).

Francinelson dos Santos Moreira, 26, foi recapturado na rua Taiuva, bairro Monte das Oliveiras, ele cumpre pena por tráfico de drogas, no regime semiaberto, no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

Joseffe e Izabel foram autuados em flagrante por Tráfico de Drogas e Associação para o Tráfico (Art.33 e 35/ Lei 11.343/06) e por Posse de Munição de Uso Restrito (Art. 16 da Lei 10.826/03). O casal será conduzido juntamente com Heldo, à cadeia pública. Já Francinelso e Davi serão encaminhados ao Compaj, onde poderão ter suas penas regredidas. Francinelson foi para o regime fechado, e Davi para o semiaberto.

A operação contou com a participação de 40 policiais civis, e com o apoio da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.