Ônibus incendiados nas ruas de Manaus

Este foi inteiramente consumido pelo fogo

Manaus, AM – Uma série de ataques a ônibus foi registrada na noite desta quinta-feira (23) em Manaus. Em uma delas, dois coletivos foram incendiado no conjunto Galileia, próximo ao igarapé do Passarinho, bairro Monte das Oliveiras, na Zona Norte da capital. O fato ocorreu por volta das 19h. Ninguém ficou ferido.

No bairro Redenção, Zona Centro-Oeste, um homem foi detido ao tentar atear fogo em outro ônibus. Uma dupla armada ateou fogo em um coletivo no bairro Compensa.

Com isso, soma-se cinco ataques a ônibus nas últimas 24h. Na quarta (22), um homem ateou fogo em um ônibus da linha 535 no bairro Armando Mendes, na Zona Leste de Manaus.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o veículo da linha 500 foi incendiado por seis homens, que chegaram ao local em duas motos.

O grupo assaltou pessoas no fim da linha e tentou atear fogo em um coletivo que estavam parados, mas os motoristas conseguiram apagar com extintores e evitaram a perda total do veículo.

 Em seguida, os homens atearam fogo em outro ônibus que estava em outro ponto da linha. O grupo fugiu.

Os bombeiros chegaram ao local após o ocorrido. Dois carros foram usados para tentar conter as chamas. No entanto, o ônibus incendiado teve perda total.

Uma testemunha do crime disse que o grupo chegou a falar que estava “apenas cumprindo ordens”. “Eles não vieram só para roubar”, disse a pessoa, que não quis ser identificada.

O caso foi registrado no 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP). A 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que atendeu a ocorrência, não informou o número de vítimas do assalto e nem o que o grupo levou.

O homem detido por tentar incendiar um ônibus no bairro Redenção foi encaminhado ao 10º DIP. A dupla que ateou fogo em um veículo na Compensa fugiu.

Amazonianarede-G1

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.