Naça volta a jogar mal e empata na Arena da Amazônia

A reaçaã do Nacional veio tarde, mas salvou o time da derrota

 

A reaçaã do Nacional veio tarde, mas salvou o time da derrota
A reaçaã do Nacional veio tarde, mas salvou o time da derrota

Manaus, AM – Nacional-AM e Atlético-AC protagonizaram um jogo com muitos gols e reviravoltas neste sábado à tarde na Arena da Amazônia, pela segunda rodada da Série D do Brasileiro.A equipe acreana chegou abrir vantagem de dois gols por duas vezes (2 a 0 no primeiro tempo e 3 a 1 na etapa complementar), mas permitiu o empate do Naça, que conseguiu igualar o placar aos 36 do segundo tempo.

Logo no início de jogo, o Nacional tentou imprimir o ritmo de jogo em casa, mas foi surpreendido pelo Atlético-AC que, aos 20 minutos, já vencia por 2 a 0. Marcou dois gols em jogadas de contra-ataques.

O primeiro gol do Galo Carijó foi marcado aos sete minutos de jogo. Em contra-ataque rápido, Josy recebeu na frente, avançou em velocidade, driblou o zagueiro Roberto Dias e bateu na saída do goleiro Tom. Lindo gol.

E, aos 16 minutos, Roberto Dias derruba Alfredo na área e árbitro marca pênalti. Josy cobra e faz o segundo dele e do time acreano na partida. O Nacional reagiu aos 27 minutos, quando diminui o placar com Esquerdinha.

O camisa 10 do Naça recebe marca após receber passe de Malaquias, que roubou a bola pela esquerda e avançou em velocidade. Depois do gol, o Nacional melhorou e ainda  teve outras chances com Nonato, Malaquias e Nego, aos 34, 35 e 37 minutos, respectivamente.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Nacional volta com o mesma formação, mas parece que perdeu a pegada da reta final do primeiro tempo. Com a vantagem, o Galo Carijó pouco se arriscava e resolveu pressionar o Naça a partir dos 15 minutos, principalmente com Eduardo.

Aos 18, o meia fez fila no meio, driblou o goleiro, mas teve o gol evitado por Tiago Bernardi, que tirou a bola em cima da linha. Porém, aos 18, o mesmo Eduardo entrou na área e foi derrubado pelo zagueiro do Naça, o mesmo que evitou o gol anterior. Polaco cobrou bem e ampliou para 3 a 1. Aos 28, Rafael Barros ainda acertou uma bola na trave, com um chutaço de fora da área.

A reação do Nacional veio aos 30. Pé de Ferro cometeu falta em Esquerdinha dentro da área: pênalti. Nonato bateu e diminui o placar para 3 a 2. E Jones, que entrou no lugar de Charles, conseguiu o empate aos 36, com um chute de longe: golaço e o empate.

Destaque

No primeiro tempo, o meia Josy mandou e desmandou na partida. Foi dos pés dele os dois gols iniciais do Atlético-AC. Além disso, o jogador foi o autor das principais jogadas de ataque. Na etapa complementar caiu um pouco de produção, mas, mesmo assim, oi o destaque da partida. Público presente: 1.134 pessoas
Renda: R$ 9.945,00
Na terceira rodada, o Nacional encara o Trem-AP, no dia 26, em casa, e o Atlético joga contra o Genus-RO, no mesmo dia, em Porto Velho.

Amaonianarde-GE

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.