Municípios do Amazonas pedem mais celeridade e apoio federal

O atraso no repasse de recursos e do socorro federal aos 36 municípios do interior do Amazonas que já decretaram Estado de Emergência devido à cheia deste ano é o tema da audiência que o presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM), Iran Lima, participa nesta terça-feira (4), com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, em Brasília.

Segundo Lima, que também é prefeito de Boca do Acre (distante 1.027 Km da capital em linha reta), a verba de R$ 1,5 milhão liberada na portaria 219/2013 publicada na última sexta-feira (31) no Diário Oficial da União para as ações do governo estadual, são insuficientes para atender a demanda dos municípios, uma vez que pelo menos 20 cidades tem seu estado de emergência reconhecido e aprovado pela Defesa Civil federal desde fevereiro.

“Se não fosse o Governo do Estado, que está presente e auxiliando de forma humanitária e providencial, as coisas estariam muito piores. O pessoal em Brasília precisa agir mais rápido e olhar para os brasileiros do interior do Amazonas”, alertou Iran Lima.

Também presente na comitiva que vai à capital federal, o secretário da AAM, Tabira Ferreira, explicou que no município do qual é prefeito, Juruá, a situação chegou ao limite.

“O muro de arrimo na frente da cidade já caiu no rio. O governador Omar disponibilizou medicamentos, águas e cestas básicas, mas onde está o Governo Federal que não manda sequer uma canoa?”, questionou Tabira.

Ainda de acordo com o prefeito, apenas na última semana, 200 moradores da comunidade Antonina, na zona rural de Juruá, se mudaram para a sede fugindo das águas.

Dilma

Também faz parte da agenda de audiências e encontros do presidente da AAM em Brasília até a próxima quinta-feira (5), reunião com os diretores do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para tratar da ampliação e renovação dos convênios para o transporte escolar e a manutenção e construção de creches no interior do Amazonas.

No Senado Federal, os representantes dos municípios amazonenses vão ao Instituto Interlegis para alinhar parcerias com o órgão do Legislativo destinadas a promover cursos de capacitação profissional nas câmaras municipais.

E na manhã de quinta (5), Iran Lima se reúne ainda com o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, para apresentar as reivindicações das prefeituras amazonenses na XVI Marcha a Brasília, que acontece em julho na capital federal, com a participação de todos os prefeitos brasileiros e também da presidente Dilma Rousseff.

(Ascom) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.